Ana Cláudia Lemos (Foto: Wagner Carmo/CBAt)

Ana Cláudia Lemos é uma das principais velocistas do país (Foto: Wagner Carmo/CBAt)

Rafael Valesi
10/03/2016
14:31
São Paulo (SP)

A velocista Ana Claudia Lemos, flagrada em exame antidoping realizado pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), conforme publicou nesta quinta-feira o site Globoesporte.com, testou positivo para a substância oxandrolona, segundo apurou o LANCE! 

A oxandrolona faz parte da classe S1 (esteroides anabólicos) no Código Mundial Antidopagem. Um dos principais efeitos deste componente é proporcionar força e ajudar na restauração do tecido muscular.

A reportagem também apurou que a atleta, uma das principais representantes do atletismo feminino na atualidade, já solicitou a análise da amostra B (contraprova). O teste, fora de competição, foi realizado em fevereiro deste ano. 

Ana Claudia é especialista nos 100m e 200m rasos (é a atual recordista brasileira em ambas as distâncias), e já atingiu o índice exigido para disputar estas duas provas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Ela é uma peça fundamental nos planos da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) para obter medalhas na Rio-2016, principalmente por ser uma das principais integrantes do revezamento 4x100m.

Nesta quinta-feira, a CBAt divulgou um comunicado oficial, mas sem citar o caso. A confederação informou que desde o início deste ano todos os exames em eventos oficiais da entidade passaram a ser realizados pela ABCD, e que cabe à agência nacional comunicar qualquer resultado adverso.