Agentes da Força Nacional são baleados ao entrar por engano na Vila do João, na Maré  Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/agentes-da-forca-nacional-sao-baleados-ao-entrar-por-engano-na-vila-do-joao-na-mare-19895599.html#ixzz4GyV8a7wH

Populares observam viatura da Força Nacional atingida na entrada da Favela Vila do João (Foto: Reprodução)

Felipe David
10/08/2016
20:55
Rio de Janeiro (RJ)

Agentes da Força Nacional foram baleados quando entraram, por engano, na localidade conhecida como Vila do João, no Complexo da Maré, zona norte do Rio, na tarde desta quarta-feira. De acordo com informações da Polícia Civil, eles estavam usando um aplicativo de celular durante o deslocamento, mas erraram o caminho e, na tentativa de retornar para a Avenida Brasil, foram atacados nas proximidades da comunidade. Um deles foi atingido na cabeça e levado em estado grave para o Hospital Salgado Filho, no Méier.

A Força Nacional está no Rio de Janeiro atuando na megaoperação de segurança em virtude da realização dos Jogos Olímpicos.

Natural do estado de Roraima, o soldado Hélio Vieira, que dirigia o carro no momento do ataque, perdeu massa encefálica e foi encaminhado para o centro cirúrgico. O estado de saúde dele é considerado o mais grave entre os atingidos. Apesar de ter circulado uma informação sobre a morte do agente, a Secretaria Municipal de Saúde não confirmou.

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, esteve no hospital no final da tarde. Na saída, informou que dois dos responsáveis já foram identificados e que serão rapidamente presos.

- Primeiramente quero tranquilizar a família do capitão Allen, do soldado Rafael, dois dos três que estavam presentes na viatura. O capitão Allen teve ferimentos leves e o soldado Rafael não teve ferimentos. Agora, nós temos em relação ao soldado Hélio um ferimento grave. O neurologista já está há quase duas horas realizando a intervenção cirúrgica, fazendo a transfusão de sangue necessária, e acreditamos que ele vai sobreviver - disse o ministro, que completou: - Tivemos esse lamentável e covarde ataque à Força Nacional, que acabou errando o caminho. Duas pessoas já foram identificadas, e nós vamos atuar para prender essas pessoas rapidamente.

Em nota oficial, a Polícia Civil informou que peritos da Divisão de Homicídios da Capital foram enviados para o local a fim de dar andamento às diligências.

Segundo informações da Força Nacional, viaturas reforçam a segurança no acesso da Vila do João e a perícia está sendo feita no local. Agentes da Divisão de Homicídios da Capital (DH) também estiveram presentes no local.