Rafaela Silva

Rafaela Silva segue saboreando o primeiro ouro brasileiro na rio-2016 (Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CBJ)

Bernardo Cruz e Paula Mascára
09/08/2016
11:16
Rio de Janeiro (RJ)

Rafaela Silva é sinônimo de orgulho brasileiro. A serenidade e sorriso estampados no rosto da judoca durante a coletiva realizada nesta terça-feira, no espaço do Time Brasil, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, retratam bem o alívio por conseguir o objetivo sonhado.

Por falar em sonho, Rafaela revelou que praticamente não dormiu e a posse da medalha de ouro ainda não se tornou uma "realidade" para ela.

- Cheguei na Vila umas quatro horas da manhã. Dormi muito pouco, acordei com o pessoal batendo na porta do meu quarto querendo ver a medalha e me dar os parabéns. A ficha ainda não caiu - revelou.


O sucesso pela conquista do primeiro ouro brasileiro na Olimpíada também fez alavancar a popularidade de Rafaela Silva nas redes sociais. E não foi apenas pessoas anônimas que tietaram a heroína brasileira. 

- Eu procurei não usar muito meu telefone pessoal antes da disputa. Usei o chip que ganhei, então fiquei mais na minha. Ontem fui ver que passei de 10 mil para 90 mil seguidores no Instagram. O Neymar, a Marta e a Ludmilla me mandaram mensagens - revelou.

Rafaela, que após a derrota em Londres pensou em largar a modalidade, agora já pensa em repetir a dose daqui a quatro anos, em Tóquio.

- Ainda sou bem jovem, tenho 24 anos, e a sensação que senti ontem quero sentir novamente, dar alegria para o brasileiro. Vou focar para a Olimpíada do Japão e repetir a conquistar. No futuro quero poder contribuir também para ajudar outras crianças a terem um futuro campeão - disse Rafaela, que revelou ter como ídolo uma companheira de Seleção:

- A Mayra Aguiar sempre foi meu espelho. Ele chegou à Seleção muito nova e conquistou coisas. Sou campeã mundial júnior e sênior e agora olímpica. Quero que ela também chegue lá. Vou torcer muito - finalizou.