Luis Fernando Coutinho
11/08/2016
11:59
Rio de Janeiro (RJ)

Não há tempo para euforia. Embora Michel Borges tenha passado para as quartas de final do boxe masculino na Rio-2016, assim se aproximando de uma medalha olímpica na categoria até 81kg, o brasileiro já mira seu próximo passo. Neste domingo, ele encara Julio Cesar La Cruz por uma vaga nas semifinais da competição. Mas apesar do favoritismo do rival, o lutador cubano é velho conhecido do brasileiro.

Michel Borges ajudou Yamaguchi Falcão na preparação para Londres-2012. Na competição, o brasileiro bateu o cubano e garantiu vaga na semifinal do torneio, alcançando a medalha de bronze. O carioca pode repetir o feito do amigo contra o mesmo rival.

- La Cruz é um atleta bem conhecido, tricampeão mundial, um dos melhores do mundo. Mas vou fazer meu trabalho e acredito no melhor. Não se pode jogar qualquer golpe nele, faremos a estratégia certa e acredito na vitória. Conheço os dois (Esquiva e Yamaguchi Falcão), tenho admiração total por ambos. Sinto que um pouco dessa vitória que ele (Yamaguchi) teve lá foi minha também. Fui um cara que treinou bastante com ele, fizemos sparring e eu o ajudei muito. Se ele chegou a essa vitória, eu também posso. Acredito muito. La Cruz é um ser humano como qualquer um - garantiu o pugilista brasileiro.

Ciente da eficiência do rival, que é franco favorito para levar uma medalha na competição diante dos títulos que conquistou nos últimos anos, Michel acredita que o caminho é lutar de forma inteligente.

- O melhor caminho é usar a inteligência, não desperdiçar golpes, jogar com a força total e se Deus quiser vir a a vitória. Estou tranquilo, não entrei como favorito, sou um dos que menos acreditavam em medalha, mas tenho muita fé em Deus. Venha quem vier vou trazer essa vitória - prometeu.

O duelo entre Michel Borges e Julio Cesar La Cruz acontece neste domingo, às 13h45, no pavilhão seis do Riocentro, pelas quartas de final do boxe masculino. Se vencer, Michel garante ao menos uma medalha de bronze para o Brasil.