Thomas Bach presidente do COI (Foto: Fabrice Coffrini/AFP)

Thomas Bach presidente do COI (Foto: Fabrice Coffrini/AFP)

RADAR/LANCE!
17/05/2016
14:08
São Paulo (SP)

A 80 dias para o início dos Jogos Olímpicos, 31 atletas de diferentes esportes serão punidos com a exclusão do evento que será realizado no Rio de Janeiro. Nesta terça-feira, o Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgou que os 31 competidores testaram positivo nos exames antidoping realizados com material coletado na Olimpíada de Pequim, em 2008. Os nomes dos atletas não foram divulgados, mas a informação é de que são de seis modalidades e de 12 países diferentes.

Para o presidente do COI, Thomas Bach, os recentes resultados mostram que o Comitê está trabalhando para punir os atletas que usam meios ilegais na tentativa de potencializar seus desempenhos durante competições esportivas.

- Esta é uma medida poderosa contra as fraudes. Eles (os resultados) mostram mais uma vez que o doping não pode ser escondido - afirmou o presidente, ao portal do COI, ressaltando que haverá punição:

- Todos esses atletas, que infringiram as leis antidoping, serão banidos dos Jogos Olímpicos do Rio - concluiu.

O COI também alertou que novos casos podem vir à tona com os resultados das amostras das Olimpíadas de 2004 e 2012, em Atenas e  Londres, respectivamente.

Ainda de acordo com o Comitê,  serão feitos novos testes com amostras coletadas nas Olimpíadas de Inverno de 2014, em Sochi, na Rússia. Neste caso, existe a suspeita de que o laboratório responsável tenha feito parte de um esquema de alteração de resultados.