Lucas Pastore
09/08/2016
16:12
Rio de Janeiro (RJ)

Reação tem sido a palavra chave da Seleção Brasileira masculina de basquete na Olimpíada do Rio de Janeiro. Depois de quase conseguir uma virada histórica sobre a Lituânia na estreia, a equipe nacional venceu a Espanha por 66 a 65, nesta terça-feira. na Arena Carioca 1, obtendo seu primeiro triunfo na competição. O resultado veio na partida que em tese era a mais difícil do grupo, já que a adversária é a atual campeã europeia e vice-campeã olímpica.

Rubén Magnano promoveu duas alterações no time titular em relação à estreia: saíram Alex e Rafael Hettsheimeir, e entraram Marquinhos e Augusto Lima. Marcelinho Huertas, Leandrinho e Nenê completaram o quinteto. Com essa formação, o Brasil começou muito melhor do que contra a Lituânia e chegou a abrir oito pontos de vantagem, vencendo o primeiro quarto por 18 a 13.

No segundo período, com a entrada dos reservas, a Espanha fez valer a força de seu elenco e virou faltando 3:55: 28 a 27.  Mas a Seleção não deixou os europeus dispararem, reagiu e foi para o intervalo vencendo por 34 a 31.

Logo no começo do terceiro período, com o time titular de volta, Marquinhos e Nenê chegaram à terceira falta e tiveram que sair. Alex e Felício entraram. Apesar das mudanças forçadas, a Seleção conseguiu uma bela corrida para abrir 42 a 33. A partir daí, os problemas com faltas dos anfitriões pesaram, e a Espanha chegou a empatar em 45 a 45. Mas o Brasil reagiu a tempo de fechar o quarto vencendo por 53 a 45.

A parcial final começou com o Brasil abrindo 56 a 45, mas fazendo três faltas logo nos primeiros minutos. Quando a Seleção estourou o limite, a Espanha chegou na base dos lances livres e chegou a virar faltando pouco mais de dois minutos: 64 a 63. A partir daí, os dois times mostraram dificuldades para pontuar no 5 contra 5.

Após dois lances livres desperdiçados por Pau Gasol, Marquinhos corrigiu arremesso errado de Marcelinho Huertas e colocou o Brasil à frente faltando 5,5 segundos: 66 a 65. Na última posse espanhola, Sergio Lull errou arremesso, e a vitória da Seleção foi decretada.

O destaque da vitória brasileira foi Marcelinho Huertas, que deixou a quadra com 11 pontos, sete assistências e quatro rebotes. Pau Gasol, com 13 pontos e dez rebotes, foi o cestinha espanhol.

O Brasil volta a jogar na quinta-feira, novamente às 14h15, na Arena Carioca 1, contra a Croácia. No mesmo dia, às 19h, a Espanha enfrenta a Nigéria.