Dudu

Faixa de capitão no braço de Dudu tem a aprovação de Zé Roberto (Foto: Luis Moura/WPP/Lancepress!)

Ana Canhedo
12/08/2016
10:30
São Paulo (SP)

Preocupado com a extensão do Campeonato Brasileiro, o polivalente Zé Roberto está satisfeito com a escolha do novo capitão do Palmeiras, Dudu. Para o experiente jogador de 42 anos, é preciso fazer com que o Verdão tenha vários líderes dentro do elenco, já que nem todos estarão à disposição ao longo do Brasileirão. Atualmente, o Alviverde é o líder da competição com 36 pontos, mas não terá até o final da disputa a presença do goleiro Fernando Prass, que se recupera de uma cirurgia no cotovelo direito. 

- Eu acho que o Cuca tem tido ideias muito importantes para a sequência do trabalho, no sentido de buscar líderes. Com uma boa liderança no vestiário, as coisas acabam ficando mais fáceis. Ele tem buscado esses líderes. No jogo contra o Vitória, ele optou o Dudu de capitão porque, mesmo jovem, o Dudu tem identidade com o clube, que já tem experiência fora do país também - disse, durante evento em loja oficial do Palmeiras, e completou na sequência:  

- Com certeza, essa responsabilidade vai trazer experiência e vai fazê-lo crescer junto com o elenco. Isso é importante porque o Campeonato Brasileiro é muito longo e, às vezes, você perde um ou outro jogador. Contra o Atlético-PR, eu não poderei estar presente, porque acabei tomando o terceiro amarelo, o Prass não estará pela lesão. Você perde jogadores com certa importância no clube e precisa buscar outros. Então, o Cuca tem tido essa leitura. É importante, através dessa responsabilidade, descobrir líderes dentro do grupo, porque vamos precisar.

De fato, Zé está suspenso do próximo jogo do Palmeiras, contra o clube paranaense, fora de casa. Sem ele, Dudu deve ser mantido com o capitão da equipe na busca pelo título nacional. Embora complicada a missão, a reta final animou o veterano de 42 anos. 

- Um campeonato muito difícil de se conquistar, por ter, no meu ponto de vista, seis ou sete equipes que vão lutar. O importante é iniciar o segundo turno bem, até porque vamos ter confrontos diretos. Se conseguir manter uma regularidade, você vai ter um parâmetro do que vão ser os últimos jogos. Mas o Palmeiras tem tudo para se manter no topo da tabela. O que a gente mais quer é pontuar e conquistar esse título, que vai ser difícil - finalizou.