LANCE!
29/09/2016
06:50
São Paulo (SP)

O jornal inglês Daily Mail divulgou no início desta semana uma lista com os maiores salários dos técnicos das seleções de futebol.

Acontece que o líder era o técnico Sam Allardyce, da Inglaterra. Era, não é mais. Isso porque ele foi demitido do cargo após o treinador ser flagrado mostrando como burlar leis de transferências no país.

Sam Allardyce, que dirigiu a Inglaterra em apenas uma partida, tinha o salário anual de R$ 12,6 milhões. Com sua queda, o maior salário passa a ser de Fatih Terim, da seleção da Turquia, que recebe R$ 11,3 milhões por ano.

Agora em segundo lugar, Tite recebe R$ 10,4 milhões por ano, segundo a publicação inglesa. Na sua volta ao Corinthians, em 2015, antes do título do Brasileirão, o salário do treinador era de R$ 4,8 milhões por ano.

Os vencimentos de Tite superam, inclusive, os de Joachim Low, técnico campeão do mundo com a Alemanha, e Fernando Santos, campeão da Eurocopa com Portugal.