LANCE!
02/01/2017
08:00
São Paulo (SP)

O jornal uruguaio El País divulgou na última semana o melhor jogador das Américas em 2016. O prêmio foi para o colombiano Miguel Borja, campeão da Libertadores pelo Atlético Nacional. O periódico anunciou também a seleção das Américas, com a presença de dois jogadores do Palmeiras, Yerry Mina e Gabriel Jesus.

Desde 1986, quando o organiza a premiação, 78 jogadores brasileiros já foram nomeados para o onze ideal das Américas, quase metade do número de argentinos, 149. River Plate e Boca Juniors são os clubes com mais jogadores na história, 56 e 52, respectivamente.

Entre os brasileiros, o São Paulo é o recordista, com 16 premiados nas seleções dos últimos 30 anos. A última vez, porém, que um jogador do Tricolor foi nomeado faz dez anos. Rogério Ceni e Fabão estiveram na seleção de 2006. Antes deles, ganharam Careca (1986), Cafu (1992, 1993 e 1995), Raí (1992), Muller (1993), Denílson (1997), Kaká (2002), Cicinho (2004 e 2005), Lugano (2004 e 2005), Rogério Ceni (2005).

Com as premiações de Mina e Gabriel Jesus, o Palmeiras igualou a marca do Santos e tem 12 prêmios. Além dos dois, estiveram na seleção do El País o colombiano Rincón (1993), Zinho (1994), Arce (1998, 1999, 2000, 2001 e 2002), Alex (1999), Gamarra (2005) e Valdivia (2007).

O Santos teve Neymar como último premiado. Antes dele, ganharam Robinho (2002, 2003 e 2004), Elano (2003 e 2004), Diego (2003), Léo (2004), Neymar (2010, 2011, 2012 e 2013) e Ganso (2011).

Internacional (11), Vasco (2010), Corinthians (9), Cruzeiro (9), Atlético-MG (6), Flamengo (5), Grêmio (4), Fluminense (3) e Botafogo (1) são os outros brasileiros.