LANCE!
21/10/2016
07:05
São Paulo (SP)

Embora o Barcelona tenha goleado o Manchester City por 4 a 0 no Camp Nou, o brasileiro Neymar voltou a perder um pênalti. O fato tem acontecido com certa frequência no Barcelona e o brasileiro já é o segundo pior batedor da história das cinco grandes ligas europeias (Alemanha, Espanha, França, Itália e Inglaterra).

Segundo dados e matéria do jornal Marca, entre os jogadores que bateram 15 pênaltis ou mais nas cinco maiores ligas europeias, Neymar tem o segundo pior aproveitamento. Em 15 batidas, ele errou seis e acertou nove, aproveitamento de 60%, melhor apenas que o eslovaco Hamsik, que bateu 16 e converteu sete, aproveitamento de 43,7%.

Com o mesmo aproveitamento de Neymar, o holandês Huntelaar já cobrou um total de 20 penalidades e converteu 12. Na lista dos cobradores, aparecem ainda outros brasileiros, Diego Costa (17 pênaltis e 13 gols), Grafite (15 pênaltis e 13 gols) e Nenê (18 pênaltis e 16 gols).

O melhor aproveitamento pertence ao italiano Pazzini, que fez 17 gols em 18 cobranças, 94,4% de acerto, mesma porcentagem de Ryad Boudebouz, que também bateu 18 e fez 17. Apesar do melhor aproveitamento, eles ficam bem atrás em número de gols.

O maior marcador da história das cinco grandes ligas é Cristiano Ronaldo, que fez 69 gols em 79 cobranças, aproveitamento de 87%. Messi é o segundo com mais gols, com 47 em 61 pênaltis, um a mais que Ibrahimovic, que fez 46 gols em 52 cobranças.