Nova Iguaçu

Unidos e com a melhor campanha da Segundona do Rio. Este é o Nova Iguaçu (Foto: Bernardo Gleizer/NIFC)

RADAR/LANCE!
23/04/2016
20:33
Rio de Janeiro (RJ)

Os dois melhores times da Série B do Carioca farão a final do turno. Neste sábado, o Itaboraí (a sensação do campeonato) venceu o Sampaio Correa por 2 a 0, no Alzirão no joga da volta (na ida vencera por 2 a 0). No Laranjão, o Nova Iguaçu venceu por 3 a 0 o Americano de Campos (na Ida, Nova Iguaçu 2 a 0). A decisão ocorrerá em dois jogos: Na próxima quarta-feira, no Alzirão e no dia 30, no Laranjão.

Os times decidirão com todo o mérito. Lideraram seus grupos na primeira fase e tiveram campanha quase iguais: oito vitórias, dois empates e uma derrota, com o Nova Iguaçu levando vantagem apenas no saldo de gols (15 a 12). Os times se enfrentaram na primeira fase Nova Iguaçu levou a melhor (2 a 1).


O jogo no Laranjão teve um placar dilatado, mas não foi fácil para o Nova Iguaçu. Precisando da vitória fora de casa, o tradicional Americano fez boa partida, perdeu duas chances com Pimenta e reclamou muito de dois lances chave. Um pênalti a seu favor que o juiz não marcou no fim do primeiro tempo e o primeiro gol do Nova Iguaçu, uma cobrança de Paulo Henrique no início da segunda etapa que os campistas disseram que a bola bateu no travessão e na linha e não entrou.

No segundo tempo o Americano ficou em cima, martelou, principalmente nos minutos finais. Todo aberto, levou dois gols no finzinho, marcados por Vinícius Mateus e Wescley.

- Fomos melhores, tive duas chances. Não deu para ir à final, mas vamos trabalhar no segundo turno , pois nada acabou. Mas, o árbitro foi infeliz.  Teve um pênalti claro para nós e no primeiro gol deles a bola não entrou. Assim fica difícil - disse Pimenta, do Americano.

No Alzirão, o Itaboraí jogou com muita tranquilidade, esperando o Sampaio Correa atacar e partindo apenas no contragolpe. para complicar a situação dos visitantes, Vitor Borges colocou o Itaboraí na frente. No segundo tempo, precisado tirar três gols de diferença Aos 32, Jefferson lançou Willian Bersan que dominou e chutou para ampliar.