RADAR/LANCE!
06/06/2016
15:18
Brasília (DF)

No último domingo, o Mané Garrincha recebeu o maior público desde o início do Campeonato Brasileiro - quase 55 mil pessoas presentes. No entanto, o aguardado clássico entre Flamengo e Palmeiras não ficou marcado por festas nas arquibancadas, mas, sim, por uma briga entre torcidas organizadas de ambos os clubes.

O triste episódio, que deixou um torcedor rubro-negro internado em estado grave, não é novidade em uma das sedes da última Copa do Mundo. Inaugurado em 2013, o estádio foi palco de duas brigas neste mesmo ano, o que, na ocasião, causou uma repercussão muito negativa na imprensa local e internacional, já que aconteceram meses antes do Mundial. 

Flamengo x São Paulo - 18/08/13
Confusão: Fla x São Paulo (Foto: Reprodução)

Em agosto daquele ano, novamente com uniformizadas do Fla envolvidas, houve uma pancadaria generalizada com torcedores do São Paulo. O triste saldo foi de um flamenguista, de 38 anos, hospitalizado com fratura na mandíbula e lesões em diversas partes do rosto.


Mesmo após a PM local ter dito que reforçaria a segurança em jogos posteriores, aconteceram cenas lamentáveis apenas uma semana depois de Flamengo x São Paulo. No duelo entre Vasco e Corinthians, uma parte das arquibancadas virou um verdadeiro cenário de guerra. A confusão fez com quatro pessoas fossem detidas, mas liberadas horas depois - um dos brigões corintianos, inclusive, foi um dos presos em Oruro (BOL), após morte do boliviano Kevin Beltrán, torcedor do San Jose. 

Vasco X Corinthians
Confusão em Vasco x Corinthians (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

No mês passado, pela Série B, uma briga entre torcedores de Vasco e Vila Nova, que teve início ainda no intervalo, chegou a paralisar a partida no início do segundo tempo do jogo no estádio brasiliense. Assim como no último domingo, os policiais utilizaram spray de pimenta, que chegou ao gramado e pausou o confronto. O tumulto foi contornado pela segurança, reforçada em seguida. 

Episódios com públicos pequenos

Além das três já citadas acima, outras duas brigas ocorrem no local. E o curioso é que elas aconteceram em duas ocasiões em que o público foi pequeno. Com menos de 4 mil torcedores presentes, por exemplo, o duelo entre Botafogo e Atlético-MG ficou marcado pelo conflito entre uniformizadas das duas equipes, em dezembro de 2014. Na época, dez pessoas foram detidas e três ficaram feridas.

No ano passado, a partida válida pela Série D entre Gama e Botafogo-SP, ou seja, um duelo entre clubes de menor expressão, também teve violência nas arquibancadas. O jogo foi paralisado pelo juiz no fim do primeiro tempo, quando torcedores do Brasiliense, rival do Gama, se envolveram na confusão após irem ao estádio apoiar o time paulista. 

Gama x Botafogo-SP - 12/07/15
Confusão em Gama x Botafogo-SP (Foto: Reprodução)