LANCE!
24/03/2016
13:01
Manchester (ING)

A passagem de Louis Van Gaal pelo Manchester United não vem sendo ruim apenas dentro de campo. Fora dele, a situação também é preocupante. De acordo com o "Daily Mirror", o clube inglês teve uma perda de mais de US$ 1 bilhão (R$ 3,7 bilhões) em seu valor de mercado desde que o holandês assumiu o comando do time, em julho de 2014. Isso se deve à queda na bolsa de Nova Iorque, na qual as ações despencaram de US$ 19,58 para US$ 13,33. Em média, o restante do mercado cresceu 3%.

O Manchester United é comandado pela família Glazer e teve o valor de mercado reduzido de US$ 3,2 bilhões (cerca de R$ 11,7 bilhões) para US$ 2,1 bilhões (R$ 7,7 bilhões). Segundo o jornal britânico, a queda se deve à apreensão dos investidores, que estariam vendendo suas ações diante do resultado ruim nos campeonatos. Caso os Red Devils não conquistem uma vaga na Liga dos Campeões, a desvalorização pode ser ainda maior, podendo afetar até o orçamento do clube para a próxima temporada.

O treinador holandês assumiu o Manchester United após a Copa do Mundo, após temporada desastrosa com David Moyes, que não classificou o clube para a Liga dos Campeões. Ao fim do primeiro ano, os Red Devils ficaram em quarto, com vaga na competição europeia, mas longe do título.

Nesta temporada, o United foi eliminado na fase de grupos da Liga dos Campeões, caiu nas copas inglesas e sucumbiu também na Liga Europa, diante do maior rival: Liverpool. No Campeonato Inglês, está em sexto, com 50 pontos, a um do Manchester City, que está em quarto e garantiria um lugar na próxima edição da Champions.

Devido aos maus resultados, é difícil que Van Gaal permaneça no Manchester United na próxima temporada. Ele já esteve para ser demitido em algumas ocasiões, mas conseguiu se manter no cargo. O nome mais forte que surge na imprensa inglesa é o de José Mourinho, que deixou o Chelsea em dezembro.