RADAR/LANCE!
24/03/2016
11:47
Rio de Janeiro (RJ)

Treinado por Johan Cruyff no Barcelona, Romário fez questão de publicar uma mensagem emotiva em homenagem ao holandês em seu perfil oficial no Facebook, nesta quinta-feira. 

O ex-atacante era considerado por Cruyff, que faleceu aos 68 anos nesta manhã vítima de um câncer de pulmão, como o maior jogador com o qual ele teve a oportunidade de trabalhar. 

- Ele também era uma pessoa justa. Lembro que eu sofria um pouco pela
distância de casa. Naquela época, eu era o único jogador do Barcelona de fora da Europa. Ele então me concedia alguns dias a mais de folga para que eu pudesse descansar em casa - lembra, com carinho, Romário, em parte do comunicado 

O Baixinho foi treinado por Cruyff no início da década de 90 e, entre títulos conquistados pelos catalães na época, ficou marcado o do Campeonato Espanhol da temporada 1993/94. 

Romario no Barcelona
Romário nos tempos de Barcelona (Foto: Reprodução)

Confira o texto publicado por Romário na íntegra:

"Acordamos com a triste notícia da morte do meu amigo holandês Johan Cruyff. Tive o privilégio de tê-lo como treinador quando joguei pelo Barcelona.
Ele foi, sem dúvida, o melhor treinador que tive, seus ensinamentos serão eternos na minha vida.

Costumo dizer que ele me desafiava muito como jogador e eu buscava ganhar sempre! Até porque seu objetivo era colher bons resultados para a equipe.

Ele sabia como poucos valorizar e explorar o que cada membro da sua equipe tinha de melhor e ele sabia que minha habilidade era fazer gols.

Ele também era uma pessoa justa. Lembro que eu sofria um pouco pela
distância de casa. Naquela época, eu era o único jogador do Barcelona de fora da Europa. Ele, então, me concedia alguns dias a mais de folga para que eu pudesse descansar em casa.

Ele se foi precocemente, mas seu legado para o esporte fica. Hoje o futebol perde um de seus maiores ícones e eu perco um amigo.

Descanse em paz, mestre Cruyff.
Que Papai do Céu conforte a família."