City x Tottenham (Foto: OLI SCARFF / AFP)

Tottenham marcou o gol da vitória já próximo ao apito final da partida  (Foto: OLI SCARFF / AFP)

LANCE!
14/02/2016
16:14

Em mais um jogo decisivo na rodada do Campeonato Inglês, o Manchester City recebeu o Tottenham e acabou amargando a segunda derrota consecutiva em casa. Com um segundo tempo corrido e com chances para os dois lados, os visitantes venceram por 2 a 1 e chegaram aos 51 pontos, permanecendo na segunda colocação, com dois pontos a menos que o líder Leicester - que perdeu para o Arsenal nesse domingo -. Já o City, continuou com 47 pontos e viu o pelotão da frente (formado por Leicester, Tottenham e Arsenal) se desgarrar um pouco.

Na próxima rodada, o City encara o Newcastle, que está na zona de rebaixamento. O Spurs, por sua vez, recebe o Swansea City, que briga para se afastar da área da degola.

Apesar das equipes estarem brigando pelo topo da tabela, o primeiro tempo não foi dos mais animados. Com uma forte marcação no meio de campo, as oportunidades claras de gol não foram muitas. Pelo lado do City, Aguero era o jogador que mais levava perigo à zaga adversária. Porém, talvez, a melhor chance tenha saído dos pés de Sterling, que ia aproveitando rebote, mas foi bloqueado na hora do chute, aos 24 minutos.

Pelo lado do Tottenham, a marcação funcionava, mas o ataque esbarra nos inúmeros erros de passe. Com o City sem dar muito espaço, em dado momento, o Spurs passou a arriscar lançamentos, mas também não conseguiu ter sucesso. Desta forma, o placar não esteve tão próximo de ser modificado.

A situação mudou logo no começo do segundo tempo, e com um pênalti polêmico. Após cruzamento pela esquerda, Sterling pulou para fazer o corte e o árbitro apontou a penalidade alegando que a bola bateu no braço dele. Depois de reclamação por parte do City, Kane bateu e abriu o placar para o Tottenham. Após o gol, porém, o panorama do primeiro tempo voltou, com um City mais incisivo e um Tottenham errando a saída de bola.

Desta forma, não demorou para o time de Pellegrini chegar ao empate. Após jogada bem tramada, Clichy achou Iheanacho sem marcação na área. O camisa 72 bateu forte, sem defesa para Lloris. Com o apoio da torcida, o City foi para cima em busca da virada. E nesta empreitada, o lado esquerdo do ataque foi um grande aliado, por onde saíram as principais jogadas. Em uma delas, Aguero foi fominha e chutou diretamente, fazendo a bola explodir na zaga.

Mas como diz o ditado, quem não faz leva. Yaya Toure perdeu a bola no meio de campo e, no contra-ataque, Lamela achou Eriksen em profundidade, que bateu na saída do goleiro para fazer o segundo do Tottenham. No desespero, o City ainda tentou o empate, mas não balançou a rede e viu os torcedores saírem frustrados novamente.