Simeone - Atlético de Madrid

Simeone mostra preocupação com duelo contra o Barcelona, neste sábado (Foto: Javier Soriano / AFP)

LANCE!
29/01/2016
16:35
Londres (ING)

A partida deste sábado contra o Barcelona, no Camp Nou, tem caráter decisivo, principalmente para o Atlético de Madrid. Empatado com os catalães na liderança do Campeonato Espanhol, com 48 pontos - mas perdendo em critérios de desempate -, o Colchonero precisa da vitória para não deixar o rival disparar. Para isso, precisa dos gols dos atacantes para sair com os três pontos da Catalunha.

- Temos as mesmas expectativas com Jackson Martínez do que com os outros atacantes, menos Griezmann, que vem fazendo muitos gols. Os outros estão sofrendo com a falta de gols. Em algum momento essa fase vai passar. Valorizo a equipe como sempre. Está em uma posição importante no Espanhol. Fomos eliminados da Copa do Rei porque o Celta foi superior, mas vejo o time bem na temporada - disse Diego Simeone, técnico da equipe da capital espanhola.

O treinador falou sobre a situação de Fernando Torres, que não ficará no Atlético na próxima temporada.

- Não existe divisão para os atleticanos entre Simeone e Fernando Torres. Gostam dos dois incondicionalmente. O que os torcedores desejam é que o Atlético vença. As pessoas não deixam de gostar de Luis Aragonés, que não está mais aqui. Nem do Kiko, que já parou de jogar. Ídolos como Torres eles vão gostar sempre.

Fernando Torres - Atlético de Madri
Fernando Torres não vai ficar no Atlético (Foto: AFP)

Quem poderá reencontrar o Atlético de Madrid é o meia Arda Turan, que trocou o Colchonero pelo Barcelona no início da temporada, mas que só pôde ser inscrito pelos catalães em janeiro, com o fim da punição imposta pela Fifa ao clube. Ex-técnico do apoiador turco, Simeone é só elogios.

- É um jogador que deu tudo que podia no Atlético e que gostamos muitos. Um homem sempre fiel a nossa filosofia de trabalho e temos excelentes recordações dele. A chegada dele ao Barcelona me deixa feliz, o que prova que estamos trabalhando bem - disse o argentino.

Simeone - Atlético de Madrid
Atlético, de Simeone, está em segundo (Foto: Javier Soriano / AFP)

Sobre o duelo contra o Barcelona, Simeone sabe que será uma partida bastante complicada.

- O Barcelona é a melhor equipe do mundo. Seus atacantes têm um nível altíssimo. Devemos ficar atentos durante os 90 minutos - completou o treinador.

Barcelona e Atlético de Madrid têm 48 pontos, mas os catalães levam vantagem nos critérios de desempate por terem vencido o jogo de ida, no Vicente Calderón, por 2 a 1. Os Blaugranas ainda têm um jogo a menos.