Higuain (Foto: Roberto Salomone/AFP)

Higuaín chega como esperança argentina para o clássico (Foto: Roberto Salomone/AFP)

RADAR/LANCE!/POOL
11/11/2015
19:47
Buenos Aires (ARG)

Não restam dúvidas que Gerardo Martino queria chegar para esta partida, a mais importante das Eliminatórias, em um outro cenário. Mas o técnico sabe que não pode ignorar o fato de que terá pela frente o Brasil dentro de casa. E chega para a partida com a equipe em meio a uma turbulência após perder para o Equador e empatar com o Paraguai.

No entanto, o que mais incomoda no momento não são os resultados ruins obtidos nas primeiras rodadas, e sim os desfalques. E que desfalques! As lesões complicaram o planejamento de Tata. Sem dúvidas a baixa mais sentida é a de Messi, seguidas de Agüero, Pastore e recentemente Tevez.


Além deles, também existem as ausências de Zabaleta e Garay, que são pilares na defesa de Martino. Com este panorama, Martino recorreu a Higuaín, a quem deixou de fora das primeiras rodadas e agora surge como Salvador. O centroavante tem uma grande chance de voltar a ser o 'Pipa'.

Higuaín talvez também ajude Tata neste momento, mesmo o treinador tendo o apoio de Luis Segura, presidente da AFA. Os resultados das partidas com Brasil e Colômbia certamente vão dizer como serão os próximos passos da seleção