LANCE!
10/11/2015
13:32
Londres (ING)

Em péssima fase na temporada, o Chelsea, que ocupa apenas a 16ª colocação no Campeonato Inglês, pode sofrer mudanças drásticas em seu elenco já em janeiro. O técnico José Mourinho pediu mais algum tempo ao russo Roman Abramovich, dono dos Blues, e disse que quer tirar as "maças podres". Algumas especulações dão conta de que nomes como Fàbregas e Hazard estariam conspirando contra o treinador no vestiário. Veja abaixo uma análise dos principais astros e dos brasileiros do time.

O goleiro Courtois não pode ser muito culpado pela má fase do time. Não chegou a ter alguma grande falha na temporada, e ainda está machucado desde setembro. Passou por cirurgia no joelho direito. Begovic, contratado junto ao Stoke, herdou a vaga.

Um dos mais perseguidos pela torcida é Ivanovic. Herói da conquista da Liga Europa de 2013, o sérvio também fez vários gols importantes na temporada passada. Mas agora vive péssima fase com a camisa do Chelsea, já falhou diversas vezes ao longo da temporada. Porém, é um dos famosos "senadores" dos Blues de Mourinho, então tem prestígio.

Mourinho pediu a Abramovich para ficar pelo menos até depois da janela de janeiro, para 'limpar' o elenco

A defesa também não vive um grande momento. Capitão e ídolo do time, Terry chegou a ser barrado por Mourinho, Zouma teve boas atuações, até como volante, sendo comparado a Desailly, mas também não emplacou uma sequência. O outro zagueiro, Cahill, vive altos e baixos.

Um dos principais jogadores no time na temporada passada, Fàbregas não é nem sombra do meia que foi essencial para a conquista do último Campeonato Inglês. Em 2014/15, o espanhol deu 18 passes para gols. Neste ano, apenas uma por enquanto. Além de não dar o ritmo no meio-campo que fazia. Acabou sendo barrado, e é acusado de ser uma das tais maçãs podres.

Entre os brasileiros, Ramires não chega a ser o principal astro, mas goza de muita confiança de José Mourinho e da diretoria. Chegou ao Chelsea em 2010 e teve recentemente o seu contrato renovado por mais quatro anos.


Oscar já não vive os seus melhores momentos no Chelsea. Foi titular em apenas cinco jogos do Campeonato Inglês, e mesmo não sendo, provavelmente, um dos jogadores que estarão nessa limpa, não deve ter um futuro muito longo nos Blues. Na última janela, a Juventus chegou a fazer uma proposta, e o brazuca pode acabar saindo em breve.

Mas se alguém nesta temporada está se salvando no Chelsea, este alguém é William. O brasileiro é o artilheiro do time com cinco gols, especializou-se em cobranças de falta, e tem dado mais ritmo à equipe do que jogadores como Fàbregas e Hazard.

Por falar no belga... Está longe de ser o craque da temporada passada e jogador mais valorizado do time. Apesar de não ser um goleador, ainda não balançou as redes nesta temporada, os seus famosos dribles não estão encaixando como antes, deu apenas duas assistências na Premier League, e também já foi barrado por José Mourinho.

Hazard - Chelsea (Foto: Glyn Kirk/AFP)
Hazard ainda não fez gol nesta temporada (Foto: Glyn Kirk/AFP)


O brasileiro Kenedy chegou cheio de prestígio com José Mourinho. O ex-Fluminense foi contratado, e ao contrário do que costuma fazer com jovens, o Chelsea o incorporou ao elenco de uma vez. E não emprestou, como faz com Lucas Piazon, por exemplo. Recebeu chances, e chegou a mostrar qualidade, mas ainda é um jogador para o futuro.

Ao lado de Fàbregas e Hazard, Diego Costa é a outra decepção da temporada. Com apenas três gols na temporada, o hispano-brasileiro tem sido mais notícias pelo temperamento do que pelo futebol. O caso mais emblemático foi a discussão com Koscielny, no clássico contra o Arsenal, que resultou na expulsão de Gabriel Paulista. O caso teve repercussões e ele levou puxão de orelhas até de Vicente del Bosque, que o deixou de fora da convocação seguinte ao dérbi.

José Mourinho está na corda bamba no Chelsea (Foto: Justin Tallis / AFP)
Mourinho está na corda bamba no Chelsea (Foto: Justin Tallis / AFP)

Outras duas decepções são novidades no elenco. O espanhol Pedro foi a contratação mais cara da janela, e José Mourinho prometeu ao ex-Barcelona de que seria titular e teria um papel importante no time. Em 14 jogos, apenas um gol, um passe, e pouco amor da torcida. Boatos dizem que ele se arrependeu da transferência e já que voltar para o Barça.

Para finalizar, Falcao García. Depois de uma temporada ruim no Manchester United, José Mourinho foi atrás do colombiano prometendo que recuperaria o futebol das épocas de Atlético de Madrid e Porto. Foi titular só duas vezes, entrou em outros nove jogos, e fez só um gol.