Gatos mortos na sede do Al Ahly (Foto: Reprodução / almesryoon.com)

Gatos mortos na sede do Al Ahly (Foto: Reprodução / almesryoon.com)

LANCE!
22/11/2015
10:43
Cairo (EGI)

Principal clube do Egito, o Al Ahly está sofrendo sérias acusações de ativista do Cairo contra os maus tratos a gatis. De acordo com a Sociedade do Bem Estar do Animal, a equipe é responsável por matar cerca de 100 gatos em suas instalações por envenenamento. Houve até uma manifestação na última sexta-feira.

De acordo com o jornal "Egypt Independent", a justificativa do Al Ahly para matar os felinos é de que eles estariam perturbando a calma no restaurante do clube. Porém, de acordo com e lei egípcia, a diretoria pode ser punida de acordo com o Código Penal contra o assassinato de animais.

A Sociedade Egípcia pela Misericórdia aos Animais (ESMA), fez uma reclamação formal contra a diretoria do Al Ahly, através de Mona Khalil, fundadora da organização. Segundo eles, pelo menos 100 "gatos vadios" acabaram sendo mortos pelo veneno colocado na ração.

O Al Ahly é o clube com mais títulos no país. Já conquistou o Campeonato Egípcio 37 vezes, além de oito Liga dos Campeões da África.