Danilo, do Corinthians

Próximo de completar 37 anos, meia tem chances de começar jogando no domingo (Foto: Agência Corinthians)

Gabriel Carneiro
09/06/2016
17:33
São Paulo (SP)

Prestes a completar 37 anos, o meia Danilo pode ser a principal novidade do Corinthians no Dérbi do próximo domingo, às 16h, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Pelo terceiro dia consecutivo, Guilherme permaneceu na academia do CT Joaquim Grava tratando dores no joelho direito, e coube ao veterano camisa 20 ocupar sua função de armação no treino técnico comandado por Tite. Além de Guilherme, Vilson também permaneceu na academia se recuperando de um edema na coxa direita, e Yago foi o titular de um dos últimos treinamentos antes do embate contra o Palmeiras.

Walter; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Cristian e Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Danilo e Marquinhos Gabriel; Luciano foi o time titular escalado por Tite para a atividade desta quinta-feira. As únicas mudanças durante o trabalho foram para evitar desgaste: Camacho e Lucca nas vagas de Fagner e Marquinhos Gabriel. A única mudança para o Dérbi, porém, pode ser a entrada de Guilherme, que é esperado para o treinamento em campo desta sexta-feira e ainda tem chances de encarar o rival no Allianz Parque.

Com Danilo, o Corinthians teve uma mudança de funções táticas no treino desta quinta: o veterano de 36 anos não tinha responsabilidades defensivas quando o adversário controlava a posse de bola, e Luciano é quem recompunha a marcação, diferentemente do que ocorre com Guilherme, que volta à defesa para buscar a bola.

O time reserva foi formado da seguinte maneira no treinamento desta quinta-feira: Cássio; Camacho, Pedro Henrique, Léo Santos e Arana; Willians e Maycon; Lucca, Rodriguinho e Romero; André. Marlone substituiu Romero e depois Léo Príncipe e Rildo ganharam chances por alguns minutos do trabalho técnico em campo reduzido. Matheus Pereira e Isaac foram os únicos do elenco que não participaram do trabalho em campo, além dos goleiros Caíque França e Filipe.

Durante o treino, dois momentos de trocas de elogios chamaram atenção. Primeiro, Walter parabenizou Cássio por uma defesa difícil em chute de Marquinhos Gabriel, evidenciando que não há atrito entre os goleiros, que recentemente inverteram a condição de titular e reserva no time alvinegro. Outro que ganhou elogios foi o garoto Léo Santos, recém-promovido da base do Timão, e que teve um desarme enaltecido pelo técnico Tite: "Boa, Léo! Boa tomada de decisão", disse o técnico Tite.

O Corinthians segue a preparação para enfrentar o Palmeiras com atividade na tarde desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. A tendência é que Guilherme se junte ao grupo e trabalhe em campo, deixando só Vilson, Matheus Vidotto e Bruno Paulo no departamento médico.