HOME - Festa do hexa do Corinthians após goleada sobre o São Paulo (Fotos: LANCE!Press)

Após o baile sobre o São Paulo, festa do hexa foi completa em Itaquera(Fotos: LANCE!Press)

Felipe Bolguese
23/11/2015
07:40
São Paulo (SP)

Após o baile sobre o São Paulo, em goleada por 6 a 1 na Arena Corinthians, o Corinthians oficializou o título conquistado com uma cerimônia da CBF no gramado. O ex-jogador Ronaldo Fenômeno, que acompanhou o jogo das cadeiras, desceu para cumprimentar os jogadores e exaltou sua participação na fase gloriosa do clube, que começou com o craque no fim de 2008.

– Eu me sinto, sim, parte dessa conquista. Eu comecei essa mudança de status do Corinthians lá atrás, mas agora a festa é dos jogadores – afirmou o ex-camisa 9.

Os atletas receberam faixas, medalhas e a esperada taça, erguida por Ralf. Antes, o presidente Roberto de Andrade também levantou-a e a organização começou a soltar os papeis picados antes mesmo de o volante pegar o objeto.

– O Corinthians provou que é o melhor do Brasil. Se alguém pensa alguma coisa diferente, vai ter que mudar o pensamento agora – disse o mandatário, já na zona mista.

Corinthians levanta a taça
Histórico! Timão levanta a taça e faz festa pelo hexa na Arena

O ex-presidente Andrés Sanchez, superintendente do clube, lamentou a crise política vivida pelo rival, humilhado em Itaquera.

– Momento difícil para o São Paulo e bom para o Corinthians. Futebol é cíclico. Deus escreve certo por linhas tortas. Esse resultado não é normal, acontece a cada dez, 15, 20 anos. O São Paulo tem de se reestruturar, voltar a ser o São Paulo que era, e o Corinthians continuar crescendo – disse Sanchez.

– O São Paulo está passando por um momento difícil internamente, todo mundo sabe disso. As grandes marcas do futebol brasileiro passarem por dificuldade é ruim para o futebol – completou o dirigente.

Após a partida, o elenco do Corinthians foi para uma festa fechada na casa noturna Villamix, cujo sócio é o ex-diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves. No Rio, houve apenas um jantar.

CAUSOS DA FESTA

Barrados no baile
A CBF exigiu um crachá para que os jogadores entrassem no gramado para receber a taça. O lateral Guilherme Arana, por exemplo, quase foi barrado. Ao convencer de que era jogador, pôde participar da festa.

Bandeira do povo
Sozinho, o técnico Tite deu volta olímpica e agradeceu o carinho dos torcedores. Um deles deu uma bandeira que tinha o rosto do técnico, e ele ficou com ela até o fim.

Invasão familiar
A esposa de Tite, Rosmari, entrou na coletiva, pegou o microfone e fez uma surpresa para o treinador. Depois, cumprimentou-o e ouviu um pedido de “vale night”, gerando risos dos presentes no local.

Levou pra casa
Autor do sexto gol da goleada de ontem, o volante Cristian foi visto deixando a zona mista com a taça. Ídolo do clube após passagem em 2008 e 2009, ele retornou no início deste ano.

Curtição e folga
Os jogadores tinham festa marcada na casa noturna Villamix a partir das 23h deste domingo. O elenco recebe folga hoje e amanhã e se reapresenta apenas às 9h30 de quarta-feira.