Bruno Cassucci e Rodrigo Vessoni
07/07/2016
16:48
São Paulo (SP)

O contrato do zagueiro Vilson com o Corinthians foi rescindido nesta quinta-feira. Contudo, o jogador não está de saída do clube, pelo contrário. O Timão acertou por R$ 500 mil a compra de 50% dos direitos do defensor, que estava emprestado pelo SEV Hortolândia até o fim do ano, e firmou vínculo com ele até o fim de 2018. Para registrar o novo contrato, o anterior precisou ser quebrado.

A diretoria alvinegra está satisfeita com o desempenho do jogador, que foi contratado da Chapecoense no início desta temporada. A ideia de mantê-lo no elenco, como publicado pelo LANCE! no mês passado, foi reforçada pela carência de zagueiros no elenco, sobretudo após a venda de Felipe ao Porto (POR).

Contudo, mesmo com a compra do beque, o Corinthians pode buscar um reforço para a defesa ainda nesta janela de transferências.

Por conta de um edema na coxa direita, Vilson desfalcou o Timão nas últimas partidas, mas ele já está recuperado e deve ficar na reserva diante da Chapecoense, neste sábado, fora de casa.

Mesmo sem nunca ter jogado pelo SEV Hortolândia, o zagueiro estava vinculado ao clube do interior paulista por ser agenciado por Fernando Garcia - que segue com parte dos direitos do atleta. O empresário utiliza a agremiação para registrar alguns de seus jogadores. No elenco alvinegro, ele também trabalha com Walter, Uendel, Guilherme Arana, Maycon, Marlone, André e Lucca.

Além de Vilson, o técnico corintiano Cristóvão Borges conta com os zagueiros Balbuena, Pedro Henrique, Yago e Léo Santos.