Campinho - Botafogo x Flamengo

Ricardo Gomes tem algumas opções para montar o time alvinegro no jogo deste sábado (Foto: ARTE L!)

Felippe Rocha e Vinícius Britto
15/07/2016
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

Após o jogo contra o Bragantino, Ricardo Gomes garantiu que Bruno Silva, único habitualmente titular presente naquela partida, começaria também contra o Flamengo. Dito isto, estava feito o mistério. Qual time o técnico do Botafogo vai botar em campo no clássico de amanhã? Com o volante, ele pode refazer a trinca com Airton e Rodrigo Lindoso. Porém, este último pode ter que ceder vaga na equipe titular para algum meia ou para algum atacante.

O treino de hoje é fechado à imprensa. Fechado mesmo. Tanto que a atividade será na Arena Botafogo, mas a tradicional entrevista coletiva acontecerá em General Severiano. Tudo porque, após muito tempo, as notícias positivas estão surgindo na equipe. Semana após semana, eram lesões, suspensões... agora, Canales foi regularizado e Carli está à disposição. As únicas preocupações ficam por conta de Leandrinho e Sassá. O meia e o atacante estão em recuperação de problemas físicos.

Com eles seria melhor. Porém, mesmo sem eles, a perspectiva para Ricardo Gomes é de mais opções para o clássico. Um dos poucos garantidos do meio-campo para frente é Camilo. Ao redor dele, Neilton e Rodrigo Pimpão podem atuar juntos ou brigar por uma vaga. O time pode ficar mais ou menos ofensivo, mas tudo na teoria.

Nem a presença do zagueiro argentino novamente de titular, após o jogo contra o Bragantino, pode ser descartada. O experiente Luis Ricardo comemora as opções.

- Quem ganha com tudo isso é o Botafogo. É muito ruim quando o jogador está no departamento médico. Em tendo todos esses jogadores à disposição, facilita para ele (Ricardo Gomes). A dor de cabeça é dele, e quem ganha é o nosso grupo. Mais um motivo de acreditar nessa nossa ascensão - acredita.