Ricardo Gomes faz um alerta sobre o elenco: ‘Ainda não há nada definido'

O técnico Ricardo Gomes acredita que Gegê atingiu, no último jogo, a maturidade com a camisa alvinegra

Felippe Rocha
04/02/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O gol de Gegê no jogo contra a Portuguesa, na última terça-feira foi emblemático. Para o técnico Ricardo Gomes, que vem dando oportunidades como titular para o meia, a atuação do atleta foi sólida. E se havia alguma dúvida quanto à capacidade do camisa 7, não há mais motivos para tal. De acordo com o treinador, a torcida pode deixar a desconfiança de lado.

- Sobre o Gegê eu vou repetir o que já falei. Eu não achei o Gegê. Ele chegou no Botafogo com 12 anos e passou por todas essas situações que sabemos. Fez 22 anos na semana passada. Ele veste a camisa, é tecnicamente bom, mas nem tudo acontece da melhor forma. Isso (fase ruim) aconteceu com ele ano passado. Nos treinos, ele tem ido muito bem. E foi muito bem hoje (terça, contra a Lusa) também. Contra o Bangu ele também foi bem, mas esse foi o jogo que afirma o Gegê como jogador profissional do Botafogo. Passou essa fase de transição, que todos têm. Acho que ele conseguiu, com treinos e jogos. Não estou dizendo que ele vai ser titular durante o ano. Mas, pelo que ele fez, merece - afirma.

As declarações firmes de Ricardo Gomes não pararam nos elogios à maturidade. Ele lembra que o talento do meia alvinegro foi descoberto ainda na infância, antes de ele entrar oficialmente para o clube. Assim, não acredita que houve falha.

- Quem o peneirou já disse isso (que ele tem talento). Ninguém errou. É um bom jogador. É a última vez que eu falo isso. Estou defendendo a formação do Botafogo, que é muito boa. Temos jovens aqui, como Luis Henrique e Ribamar, mas é passo a passo - analisa.

Resta a Gegê, então, continuar correspondendo às expectativas de treinador e torcida quanto ao seu futebol.