Gege (Foto: Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

Gegê tem sido um dos destaques do Botafogo neste começo de temporada (Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo)

Diego Lopes
04/02/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Criticas e falta de paciência por parte de alguns alvinegros são uma constante na ainda curta carreira de Gegê. Autor de um dos gols que ajudaram o Botafogo a vencer, por 2 a 1, a Portuguesa na terça-feira, o meia está, aos poucos, mostrando seu futebol e conquistando espaço no time do técnico Ricardo Gomes. Concentrado em dar seu melhor a cada jogo, o meia admite que sonha em um dia jogar na Europa, ganhar títulos e ouvir o seu nome gritado pela torcida nas arquibancadas.

- Todo jogador tem essa vontade e o prazer de ouvir a torcida gritando o seu nome. Mas isso vai ser de uma forma natural e com um tempo. Se acontecer um dia vou ficar muito feliz, por enquanto, vou trabalhar bastante. Penso em ganhar um título importante pelo Botafogo e em jogar na Europa. É um sonho, né? Seria muito bom para mim como jogador e como pessoa. Quem sabe lá na frente essas coisas acontecem – projetou Gegê, que completou no domingo 22 anos, dez deles no Botafogo.

Titular há dois jogos e cheio de moral com o treinador, o meia não se ilude e afirma que precisa trabalhar bastante para manter suas boas atuações. Determinado, Gegê explica que uma de suas metas para o ano de 2016 é conquistar seu espaço na equipe principal.

– Eu trabalho bastante para isso. Todo jogador almeja ser reconhecido, se firmar, ser titular da equipe e ficar assim durante o ano. Vou trabalhar bastante para que isso aconteça nesta temporada. A minha maior meta é me manter no time, ficar entre os titulares, jogar o máximo de jogos possível para eu poder sempre estar ajudando o Botafogo. Não penso tanto em fazer gols, eles são uma consequência – afirmou o apoiador.