LANCE!
10/06/2016
12:45
Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Fred está muito perto de um acerto com o Atlético-MG. Segundo Daniel Nepomuceno, presidente do Galo, o jogador, inclusive, estará no Independência domingo, quando vai acontecer o clássico com o Cruzeiro. E o retorno do centroavante a Minas Gerais tem dado o que falar, justamente, por conta dessa rivalidade, que Fred conhece bem, mas por outros ares.

Depois de se destacar pelo América-MG, Fred transferiu-se para o Cruzeiro, clube que defendeu entre 2004 e 2005, antes de ir para o Lyon (FRA). Apesar do pouco tempo na equipe celeste, o atacante, com muitos gols, acabou marcando época e caindo nas graças a torcida, se transformando em um dos ídolos recentes da Raposa.

Agora, Fred chega com a missão de fazer os torcedores do Atlético-MG comemorarem. Porém, ele também já foi carrasco do lado alvinegro do clássico. Em cinco partidas, o retrospecto do atacante é de duas vitórias, duas derrotas e um empate. E os dois triunfos foram, justamente, por conta de gols do atacante - no jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro de 2005 e no primeiro turno do Campeonato Brasileiro do mesmo ano.

Fred - Cruzeiro
Fred marcou época no Cruzeiro (Foto: Gil Leonardi/Lancepress!)

Fred, por sua vez, nunca escondeu que o carinho pela torcida do Cruzeiro era recíproco, evitando até mesmo a comemorar gols contra o ex-time. Ele voltou ao Brasil em 2009 e, desde então, defendeu o o Fluminense.

- Contra o Cruzeiro, não comemoro pelo respeito e carinho que tenho. Sei que a recíproca é verdadeira. Não tem como comemorar na minha casa, com a minha torcida. O torcedor tricolor sabe disso. Ele entende e sabe que vou honrar (o Fluminense) e tentar fazer gol - disse, em entrevista à TV Globo, no fim de 2014.

Quando a diretoria da Raposa planejou uma reformulação no elenco para a temporada 2015, Fred chegou a ser cogitado, mas o retorno não se concretizou. À época, a boa recepção da torcida pesou a favor, no entanto, valores envolvidos na negociação afastou o camisa 9 do time celeste.

No período em que esteve no Cruzeiro, Fred foi comandado por Levir Culpi, treinador com o qual, na atual temporada, teve um desentendimento no Fluminense, o que pode ter pesado para essa saída das Laranjeiras.

Com a camisa do Fluminense, Fred atuou em 288, tendo 151 vitórias, 74 derrotas e 63 empates. Desde 2009, o atacante marcou 172 gols, obtendo uma média de 0.60. Na atual edição do Brasileiro, o camisa 9 atuou em seis partidas.

FRED CONTRA O GALO, PELO CRUZEIRO

CRUZEIRO 0 X 3 ATLÉTICO-MG


37ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 23/10/2004
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Público e renda: 17.070 / R$ 169.208,50
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)

Gols: Rodrigo Fabri (40'/1ºT), Rubens Cardoso (5'/2T) e Juninho (35'/2ºT)

Cruzeiro: Artur; Edu Dracena, Marcelo Batatais e Régis (Wagner); Alessandro (Fernando Diniz), Augusto Recife, Martinez, Adriano e Sorín; Jussiê e Fred (Jardel) - Técnico: Marco Aurélio.

Atlético-MG: Danrlei; André Luiz, Gaúcho e Adriano; Wagner (Alessandro), Zé Luís, Zé Antônio, Renato (Tucho) e Rubens Cardoso; Rodrigo Fabri (Juninho) e Alex Mineiro - Técnico: Mário Sérgio.

CRUZEIRO 0 X 2 ATLÉTICO-MG

6ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 20/02/2005
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público e renda: 60.778 / R$ 525.267,00
Árbitro: Paulo César de Oliveira (FIFA-SP)

Gols: Rodrigo Fabri (31'/1ºT) e Euller (34'/1ºT)

Cruzeiro: Fábio; Ruy (Maurinho), Edu Dracena, Régis (Kelly) e Athirson; Maldonado, Fábio Santos, Marabá e Adriano; Fred e Jean (Michel) - Técnico: Levir Culpi.

Atlético-MG: Danrlei; George, André Luiz, Henrique e Rubens Cardoso; Walker, Ataliba, Renato e Rodrigo Fabri (Leandro Smith); Euler e Quirino - Técnico: Procópio Cardoso.

ATLÉTICO-MG 0 x 1 CRUZEIRO

1º jogo da semifinal do Campeonato Mineiro
Data: 26/03/2005
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público e renda: 26.157 / R$ 249.882,50
Árbitro: Rogério Pereira da Costa
Auxiliares: Marco Antonio Gomes e Guilherme Dias Camilo

Gols: Fred (15'/2ºT)

Cruzeiro: Fábio, Ruy, Edu Dracena, Marcelo Batatais, Patrick, Marabá, Jardel, Diogo, Kelly (Wagner), Fred, Lopes (Adriano) - Técnico: Levir Culpi.

Atlético-MG: Diego, George, Adriano (Henrique), André Luiz, Rubens Cardoso, Ataliba, Amaral, Renato (Leandro Smith), Rodrigo Fabri, Édson Araújo (Quirino), Fábio Júnior - Técnico: Procópio Cardoso.

CRUZEIRO 0 X 0 ATLÉTICO-MG

2º jogo da semifinal do Campeonato Mineiro
Data: 03/04/2005
Local: Estádio Ipatingão, em Ipatinga.
Público e renda: não divulgado / não divulgada
Árbitro: Héber Roberto Lopes (PR)

Cruzeiro: Fábio; Ruy, Edu Dracena, Marcelo Batatais e Athirson; Maldonado, Marabá, Jardel (Diogo) e Kelly (Jean); Lopes (Adriano) e Fred - Técnico: Levir Culpi.

Atlético-MG: Danrlei; George Lucas, André Luiz, Henrique e Rubens Cardoso; Ataliba (Márcio Araújo), Amaral, Leandro Smith (Enrico) e Prieto; Rodrigo Fabri e Quirino (Marcelo Sá) - Técnico: Procópio Cardoso.

CRUZEIRO 2 X 1 ATLÉTICO-MG

11ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 10/07/2005
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público e renda: 43.567 / R$ 376.954
Árbitro: Hèber Roberto Lopes (FIFA-PR)

Gols: Zé Antônio (33'/1ºT), Marcelo Batatais (44'/1ºT) e Fred (12'2ºT)

Cruzeiro: Fábio; Maurinho, Marcelo Batatais, Moisés e Patrick; Fábio Santos, Diogo (Marabá), Wagner (Argel) e Adriano; Lopes (Weldon) e Fred - Técnico: Paulo César Gusmão.

Atlético-MG: Darlei; Zé Antônio, Henrique, Leandro Castan e Rubens Cardoso; Walker, Ataliba, Renato (Euler) e Luís Mário (Amaral); Marques e Fábio Júnior - Técnico: Tite.