RADAR/LANCE!
09/06/2016
15:22
Rio de Janeiro (RJ)

Atualmente em oitavo lugar no Campeonato Brasileiro, o Fluminense não poderá mais contar com o principal jogador do clube nos últimos anos. Na noite da última quarta-feira, o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, anunciou que o atacante é o novo reforço do Galo - onde assinará até o fim de 2018. 

Até o momento, a equipe do técnico Levir Culpi somou nove pontos em seis jogos disputados no Brasileirão. Agora sem Fred depois de sete anos, a principal pergunta a ser feita é: qual será o impacto em termos de projeção para o Tricolor? Especialistas do LANCE! deram as suas opiniões sobre o assunto. Confira abaixo:

Eduardo Tironi - colunista do LANCE!

O casamento chegou ao fim e imagino que será bom para as duas partes.
Especificamente pelo lado do Flu, o clube não comportava mais pagar
salários enormes como o de Fred. Aliás, nenhum clube brasileiro
comporta. Do ponto de vista técnico, não será fácil um substituto para
o artilheiro. Não há outro centroavante parecido com ele. O clube terá
que formar alguém.

João Carlos Assumpção - colunista do LANCE!

Acho que o Fluminense vai brigar no meio da tabela. Vejo o time carioca numa situação parecida com a do Santos, que perdeu Lucas Lima para a Seleção e deve ficar sem o meia se ele for mesmo transferido para a Europa no meio do ano. O Fluminense tem se reforçado mas sem jogadores de ponta e o fato de Levir Culpi reclamar do grupo só atrapalha o ambiente. A situação está difícil pro lado das Laranjeiras. Não vejo boas perspectivas no curto prazo.

Rafael Pereira - editor do LANCE!

Sem Fred, o Fluminense é novamente uma interrogação no Brasileirão. Referência na equipe, o jogador saiu e deixou o time desguarnecido de um nome de peso. Levir precisará pensar rápido e buscar um nome para suprir a ausência do seu 9, caso contrário o Tricolor pode se preparar para brigar no meio de tabela ou esperar um 'milagre' para chegar à Libertadores e título.