Lucarelli comemora o título

Lucarelli comemora o título (Gaspar Nobrega/Inovafoto/CBV)

Web Vôlei
12/05/2019
09:40
São Paulo

Aos 27 anos, o ponteiro Lucarelli viveu uma temporada especial na Superliga Cimed masculina 18/19. Depois de ficar pouco mais de oito meses fora das quadras em recuperação de uma lesão no tendão de Aquiles, o jogador voltou a sua melhor forma durante a competição e foi peça decisiva na companha que culminou com o título da equipe do interior de São Paulo.

O campeão olímpico foi eleito o MVP e um dos dois melhores ponteiros da competição. Bastante emocionado depois da cerimônia de premiação, o atacante fez questão de agradecer o apoio recebido.

- Se for pegar pela temporada, talvez não dessem a nossa equipe como candidata ao título pelos altos e baixos que apresentamos ao longo da temporada. E ser coroado com esse título é muito bom. A equipe merece bastante, lutou muito, passou por cima de vários momentos ruins, sangramos muito na quadra para poder curtir esse dia de hoje com esse título - declarou Lucarelli.

O melhor jogador da Superliga Cimed 18/19 ainda falou sobre a volta às quadras e como conseguiu recuperar a confiança para chegar ao ponto máximo da temporada.

- Quando eu comecei a treinar, havia uma diferença muito grande em relação aos demais. Sabia que ia demorar muito para entrar no ritmo, mas confiava bastante na equipe médica de Taubaté e todos me deram uma tranquilidade muito grande. Em momento algum houve pressa para eu voltar e com o passar do tempo, fui ganhando confiança e isso foi muito importante - finalizou Lucarelli.

SELEÇÃO DA SUPERLIGA

CRAQUE DA GALERA – Rapha (EMS Taubaté Funvic)
MVP – Lucarelli (EMS Taubaté Funvic)
Troféu VivaVôlei da final – Leandro Vissotto (EMS Taubaté Funvic)

Levantador – William (Sesi-SP)
Oposto – Alan (Sesi-SP)
Ponteiros – Lucarelli (EMS Taubaté Funvic) e Lucas Loh (Sesi-SP)
Centrais – Lucão (EMS Taubaté Funvic) e Éder (Sesi-SP)
Líbero – Thales (EMS Taubaté Funvic)
Treinador – Rubinho (Sesi-SP)