São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão 2 x 3 Sesi-SP

Ribeirão foi o último time a confirmar vaga (Renan Bin/FollowX Comunicação)

Web Vôlei
24/07/2020
16:01
São Paulo

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou nesta sexta-feira a lista das equipes que cumpriram as exigências para inscrição na Superliga Banco do Brasil 2020/2021 masculina e feminina. A definição aconteceu após reuniões com os clubes, análise dos documentos e pagamento das inscrições. Ao todo 24 equipes, 12 de cada naipe, estão aptas para participar da edição 20/21.

As últimas dúvidas eram Curitiba, entre as mulheres, e Ribeirão Preto, entre os homens. Ambas estão confirmadas.

No feminino, as 12 equipes que cumpriram as exigências foram Sesi Vôlei Bauru (SP), Brasília Vôlei (DF), Curitiba Vôlei (PR), Fluminense (RJ), Itambé/Minas (MG), Osasco/Audax/São Cristóvão Saúde (SP), Pinheiros (SP), Dentil/Praia Clube (MG), São José dos Pinhais (PR), Sesc RJ Flamengo (RJ), São Paulo/Barueri (SP) e São Caetano (SP).

Já no masculino estão aptos Apan/Eleva/Blumenau (SC), Minas Tênis Clube (MG), Vôlei UM Itapetininga (SP), Montes Claros América Vôlei (MG), Caramuru Vôlei (PR), Sada Cruzeiro (MG), EMS Taubaté Funvic (SP), Sesi-SP, Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG), Vedacit Vôlei Guarulhos (SP), Pacaembu Ribeirão (SP) e Vôlei Renata (SP).

A CBV agora tenta aprovar um calendário para a temporada 2020/2021. Por enquanto nenhuma data foi anunciada para o início das competições, paralisadas desde março por conta da pandemia do coronavírus.