Bruninho

Bruninho encerrou passagem pelo Civitanova (FIVB Divulgação)

Web Vôlei
11/04/2020
17:17
São Paulo

O levantador Bruninho retornou neste sábado para o Brasil após o encerramento da temporada na Itália. Ele já está no Rio de Janeiro, onde ficará em isolamento nas duas próximas semanas, como medida preventiva ao coronavírus.

O campeão olímpico e capitão da Seleção Brasileira de vôlei também deverá realizar exames, já que ficou em quarentena durante um mês num dos países mais afetados pela pandemia.

O retorno de Bruninho foi possível após a Federação Italiana decretar o fim da temporada dos campeonatos de vôlei, nesta semana, sem decretar um campeão. O Civitanova era o líder do torneio local e também estava nos playoffs da Champions League. Em ambos, o time do levantador e do ponteiro Leal defendia o título.

Desta vez, o retorno do jogador é definitivo. Ele reforçará o EMS/Taubaté na temporada 2020/2021. O argentino Luciano De Cecco será o substituto no clube italiano.

Neste sábado, o Civitanova também se despediu oficialmente de Bruninho. O título do texto é: Obrigado, campeão!

"O Civitanova cumprimenta Bruno Mossa de Rezende. O levantador brasileiro, com a parada da temporada, encerra sua experiência conosco após dois anos incríveis. Nos últimos dias, as despedida dele chegaram pelas redes sociais. O clube pretende agradecer a Bruno por seu extraordinário profissionalismo, que ajudou a alcançar o auge nunca conquistado por nós até agora. Ele ajudou nas conquistas de uma incrível sequência de troféus consecutivos (scudetto, Liga dos Campeões, Mundial de Clubes e Copa da Itália) que permanecerão inesquecíveis na história do clube, assim como Bruno, temos certeza, permanecerá inesquecível nos corações de todos os nossos fãs".