Ataque de Lucão pelo meio

Ataque de Lucão pelo meio (FIVB Divulgação)

Web Vôlei
01/10/2019
08:25
São Paulo

A Seleção Brasileira masculina de vôlei começou bem a campanha rumo ao terceiro título da Copa do Mundo do Japão – foi campeão nas edições de 2003 e 2007. O time do técnico Renan Dal Zotto derrotou o Canadá por 3 sets a 0 – parciais de 25-14, 25-22, 25-14 -, na cidade de Nagano, em 1h20min de jogo, e enfrenta a Austrália, nesta quarta-feira, às 6h (horário de Brasília), com transmissão pelo SporTV 2.

A equipe verde-amarela teve dificuldades em derrotar os australianos no último encontro entre as duas seleções, em junho, pela Liga das Nações, ganhando apenas no tie-break.

Contra o Canadá, Renan escalou o time titular com Bruninho, Alan, Lucarelli, Leal, Lucão, Maurício Souza e Thales (líbero). Entraram: Maurício Borges, Cachopa, Felipe Roque. O desfalque do grupo no Japão é o oposto Wallace, que pediu dispensa para acompanhar a gravidez da mulher, que deve dar à luz este mês ao segundo filho do casal.

Alan foi o maior pontuador do jogo, com 14 pontos, seguido por Lucarelli (11), Leal (10), Maurício Souza (8), Lucão (8), Felipe Roque (3) e Bruninho (2). Os destaques canadenses foram os ponteiros Nicholas Hoag e Stephen Timothy, ambos com 8 pontos.

Depois de um primeiro set tranquilo, de domínio total da Seleção Brasileira (25-14), o time verde-amarelo teve dificuldades na virada de bola no segundo e viu o Canadá abrir 5 pontos de frente (19 a 14). O placar chegou a ficar 22 a 18 para os canadenses, deixando tensa uma partida teoricamente fácil. Mas, numa ótima sequência de saque de Leal, e após uma bem-sucedida inversão do 5 x 1 com Cachopa e Felipe Roque em quadra, o Brasil virou e venceu por 25 a 22.

A Seleção voltou a sacar bem no terceiro set, amortecendo os ataques do Canadá e virando os contra-ataques com Lucarelli e Maurício Souza, que apareceram bem na parcial. Sem sustos, o Brasil fez 25-14, fechando o set em 3 a 0.