Ricardo Sá Pinto

Ricardo Sá Pinto venceu três jogos de 15 à frente do Cruz-Maltino em dois meses de trabalho (AFP)

Felippe Rocha
29/12/2020
10:20
Rio de Janeiro (RJ)

Chegou o fim da linha para Ricardo Sá Pinto no Vasco. O treinador português foi demitido após reunião ao longo da última segunda-feira, entre o atual presidente do clube, Alexandre Campello, o atual vice-presidente de futebol, José Luis Moreira - este um dos únicos defensores do trabalho do ex-atacante até então - e o mandatário eleito, Jorge Salgado. Para o lugar dele, Zé Ricardo é o favorito para assumir.

Sá Pinto deixa o Vasco com três vitórias (duas pelo Campeonato Brasileiro e uma pela Copa Sul-Americana), seis empates e seis derrotas em 15 partidas, um aproveitamento de 33%. Ele substituiu Ramon Menezes, que foi sacado em meio à queda de rendimento de uma equipe que chegou a liderar a principal competição do país.

Mas com Sá Pinto o time despencou na tabela e o rendimento passou longe de melhorar. Pouco se viu de avanço na equipe. Além dele, deixam o clube os auxiliares diretos. A comissão portuguesa que ficou cerca de dois meses era uma das que tinham um dos maiores salários no Brasil.

Além de Sá Pinto, deixam o Vasco o auxiliar Rui Mota, o preparador físico Miguel Moreira e o analista Igor Dias. Todos portugueses. Outro que teve a saída confirmada foi André Mazzuco, que ocupava a direção executiva de futebol e estava no clube desde junho de 2019.

CONFIRA A NOTA OFICIAL DO VASCO:

O Club de Regatas Vasco da Gama comunica que Ricardo Sá Pinto não é o mais o técnico da equipe profissional. Junto com ele, deixam o Clube o auxiliar técnico Rui Mota, o preparador físico Miguel Moreira, o analista de desempenho Igor Dias e o Diretor de Futebol André Mazzuco.

A decisão de reformular a comissão técnica foi tomada após entendimento entre o Presidente da Diretoria Administrativa, Alexandre Campello, o Vice de Futebol, José Luiz Moreira, e o próximo presidente da Diretoria Administrativa, Jorge Salgado.

– Tomei a decisão de fazer a mudança na comissão técnica a partir também de um entendimento com o Vice de Futebol e com o novo Presidente, já que só estarei no cargo por mais aproximadamente 20 dias. Um novo treinador será anunciado em breve – disse o Presidente Alexandre Campello.

* Atualizado às 13h13