Athletico PR x Vasco Andrey

O Vasco não conseguiu ter uma atuação razoável em Curitiba (Rodolfo Buhrer/Fotoarena/Agência Lancepress!)

Felippe Rocha
28/12/2020
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

A realidade se impôs dura demais para um Vasco que sonhou com alguma estabilidade após a vitória sobre o Santos. Uma semana depois, a equipe viajou para Curitiba e voltou a ser frágil em diferentes aspectos. Numa rodada em que rivais diretos ajudaram, o Cruz-Maltino se mostrou tão débil quanto a 17ª posição indica.

Significa que a evolução, mesmo que tímida, que resultou na vitória sobre o Peixe não se consolidou. O que é uma notícia terrível, visto que é preciso fazer muito mais do que o time de Ricardo Sá Pinto fez na Arena da Baixada para sair da zona de rebaixamento.

O único período em que o Vasco mostrou consistência foi nos dez primeiros minutos, quando mostrou capacidade de fazer dobradinha tanto pela direita quanto pela esquerda. Tudo ruiu com os erros individuais. O problema é que houve erros de diferentes jogadores ao longo de toda a partida.

Parte dessas falhas foram capitais para os gols sofridos, outras impediram que chances claras virassem gols a favor do time de São Januário. Outras impediram a fluidez do jogo cruz-maltino. Vencer o Athletico-PR não era esperado. Mas não precisava nem deveria ser com futebol tão ruim.

Restam 12 jogos para o Vasco saber qual divisão do Campeonato Brasileiro disputará na edição 2021 da competição. É difícil ter otimismo considerando que o próximo adversário, o Atlético-GO, também fora de casa, fez partida digna diante do Grêmio, neste mesmo domingo.

-> Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Jogadores, comissão técnica e diretoria. Cabe a quem está dentro do Vasco mostrar que a impressão atual é errada.