Douglas - São Paulo

(Foto: Ana Luiza Rosa/saopaulofc.net)

Marcio Porto
04/09/2017
15:30
São Paulo (SP)

O São Paulo acertou mais uma saída do elenco nesta temporada. Na última semana aberta para inscrições de jogadores no Campeonato Brasileiro, o clube emprestou o zagueiro Douglas, raramente até relacionado por Dorival Júnior, para a Chapecoense.

O jogador, de 27 anos, assinará com o time catarinense até maio. Ele já foi liberado pelo Tricolor paulista e nem treinará mais no CT da Barra Funda. As diretorias correm para concluir a transferência até sexta-feira, último dia em que a CBF aceitará a inscrição de jogadores para este Brasileiro.

Douglas chegou ao São Paulo na metade de 2016 e tem contrato até julho. Volta em maio, com opção de renovar, se o clube quiser. Mas ele pouco teve oportunidades no Morumbi. Chegou a ter chances como titular com Rogério Ceni, no Campeonato Paulista, mas não conseguiu se firmar. Nem entrou em campo com Dorival Júnior, que pouco o levou até para o banco.

Como não atuou mais do que seis jogos no Brasileiro, está livre para defender a Chapecoense. O Tricolor acaba liberando o jogador para um concorrente direto na briga contra o rebaixamento - o São Paulo ocupa o penúltimo lugar, com 23 pontos, e a equipe catarinense está duas posições e dois pontos acima, também presente na faixa de descenso.

Douglas tem 27 anos. Foi revelado pelo Juventude, em 2008, atuou pelo América-RN, em 2010, e iniciou uma passagem de três anos no Vasco. Defendeu o Dnipro, da Ucrânia, entre 2013 e 2016, antes de voltar ao Brasil para vestir a camisa são-paulina.

O zagueiro foi perdendo cada vez mais espaço no Tricolor. Após vender Maicon para o Galatasaray, da Turquia, em junho, a diretoria aumentou as opções na zaga para fazer companhia a Rodrigo Caio: renovou com Lugano, comprou Arboleda da Universidad Católica de Quito, do Equador, acertou o empréstimo de Aderllan, do Valencia, da Espanha, até o fim de 2018 e, recentemente, trouxe Bruno Alves, que estava no Figueirense.