Tsitsipas fecha sua melhor temporada no 15° lugar do ranking

Divulgação/Next Gen Finals

Tênis News
10/11/2018
20:38
Milão (Itália)

Nada como encerrar uma temporada com um título. Este é o sentimento do grego Stefanos Tsitsipas, 15° do ranking, ao se sagrar campeão do Next Gen Finals de Milão, torneio que conta com os sete melhores de 2018 até 21 anos.

Enfrentando o australiano Alex de Minaur, segundo cabeça de chave e 31° colocado, Tsitsipas, principal favorito do evento, marcou as parciais de 2/4 4/1 4/3(3) 4/3(3) no duelo de invictos (ambos chegaram com quatro jogos ganhos em quatro disputados) para erguer um troféu no circuito pela segunda vez no ano e na carreira.

O jovem de 20 anos conquistou no final de outubro, no ATP 250 de Estocolmo, na Suécia, a sua primeira taça no profissional. Além disso, ele encerra sua melhor temporada com o melhor ranking da vida, o 15°.

Stefanos participou também de outras duas decisões, ambas em 2018. Ele chegou a última rodada no Masters 1000 de Toronto, no Canadá, e no ATP 500 de Barcelona, na Espanha. Nas duas ocasiões, ele acabou sendo derrotado pelo espanhol Rafael Nadal.

Durante o vice-campeonato no Masters, ele chegou a marcar uma das maiores vitórias de sua carreira, contra o sérvio Novak Djokovic, num duelo de oitavas de final. Ele encerra o ano com 46 resultados positivos e 27 reveses.



Rublev fica com o 3° lugar

Vice-campeão na edição 2017 em Milão, o russo Andrey Rublev, 68° colocado e quinto cabeça, teve que se contentar com um terceiro lugar na edição deste ano.

Após perder um jogo de cinco sets na semifinal para o principal favorito do evento, o grego Stefanos Tsitsipas, Andrey venceu o espanhol Jaume Munar, 76° e cabeça 7, também em cinco parciais, por 1/4 4/3(4) 2/4 4/2 4/3(3) para conseguir um prêmio de consolação e completar o pódio na Itália.