Frances Tiafoe em entrevista após vitória heroica no US Open

USTA

Tênis News
03/09/2020
21:49
Nova York

Uma das grandes promessas do tênis norte-americano, Frances Tiafoe, 82º da ATP, conquistou uma vitória heroica diante do australiano John Millman, 43º, e se garantiu pela primeira vez na carreira na terceira rodada do US Open. Um feito histórico.

Tiafoe encarou 3h57 de batalha para superar a luta de linha de base de Millman pelo placar de 7/6 (6) 3/6 1/6 6/3 6/3 tendo disparado 12 aces contra 13 do australiano, que cometeu cinco duplas faltas contra seis do norte-americano, que cometeu 73 erros não-forçados contra 54 de Millman, que disparou 50 bolas vencedoras contra 44 de Tiafoe.

O jogo, definido nos detalhes e na maior resistência do norte-americano colocou um negro na terceira rodada do US Open pela primeira vez em cinco anos. A última vez que um tenista homem negro dos Estados Unidos esteve na terceira rodada da chave principal foi em 2015, co Donald Young, que acabou derrotado nas oitavas de final pelo suíço Stan Wawrinka.

Ativo das falas e lutas do movimento "Black Lives Matter" (Vidas Negras Importam), Tiafoe está escrevendo a própria história no US Open e em torneios do Grand Slam, já que seu melhor resultado foi quartas de final no Australian Open de 2019.

Em busca de igualar Young e talvez alcançar James Blake, que fez quartas de final em Nova York em 2005 e 2006, Tiafoe encara o húngaro Marton Fucsovics, que venceu batalha de quase 5h contra Grigor Dimitrov.