Gerad Piqué, Copa Davis

Piqué, jogador do Barcelona, está negociando com Roger Federes (Divulgação)

Tênis News
12/09/2019
14:51
Madri, Espanha

Principal responsável pela nova modelagem da Copa Davis, o espanhol Gerard Piqué garantiu estar correndo atrás do suíço Roger Federer para a edição 2020 da competição, uma vez que o número 3 do ranking não disputou nenhum confronto em 2019.

- Entendo que a Davis é um evento histórico que pertence aos tenistas e aos fãs desse esporte, justamente por isso embarquei nesse projeto, para ajudar no desenvolvimento do tênis. A Suíça não está classificada porque perdeu o playoff, mas estamos conversando com Roger e seu agente (Tony Godsick) para discutir a possibilidade de sua participação no próximo ano - disse Piqué em conversa com o webstie Sport Business.

Um dos maiores críticos do novo formato, o suíço já garantiu estar com sua prioridade para a ATP Cup, que terá sua primeira edição em janeiro de 2020, pouco mais de um mês após as finais da Copa Davis, que por sua vez serão realizadas na semana seguinte ao ATP Finals.

Durante a conversa, o espanhol também revelou como foi a conversa com o sérvio Novak Djokovic, que acabou optando por disputar as finais neste ano. "Conversei muito com ele, disse que sabia ser um jogador com muito peso no Conselho de Jogadores, mas que isso também se devia à Federação Sérvia de Tênis”.

- Lembrei também que a federação precisa de apoio para continuar investindo dinheiro em treinamento de jovens talentos e o desenvolvimento desse esporte em seu país. Acho que faz todo sentido participar dos dois eventos, porque envia uma mensagem clara de que a ITF e a ATP devem colaborar para um futuro melhor para o tênis - finalizou Piqué, que além de sócio da empresa Kosmos, também atua como zagueiro no Barcelona.