Naomi Osaka em derrota no Australian Open

Tennis Australia

TÊNIS NEWS
26/08/2020
10:47
Nova York (EUA)

Ex-número 1 do mundo, Naomi Osaka afirmou ao jornal Wall Street Journal que odeia quando dizem que não pode opinar sobre política ou direitos humanos. A atual 10ª do mundo está nas quartas de final do WTA Premiere de Cincinnati.

"Estavam falando com uma outra japonesa e não sabiam que estava escutando, que eu falava japonês. Sua amiga perguntou a ela: 'Olha, essa menina negra. Se supõe que é japonesa ? E logo a menina que com a qual estava falando lhe disse: 'Não acredito'".

Osaka saiu às ruas nos Estados Unidos nos protestos contra a morte do negro George Floyd por um policial durante a quarentena: "Odeio quando as pessoas falam que os atletas não deveriam se meter em política e simplesmente focar em competir. Em primeiro lugar se trata de uma questão de direitos humanos. Em segundo lugar o que te dá mais direito de falar que eu ? Segundo essa lógica, se trabalha na Ikea, só pode falar sobre móveis ?".