Novak Djokovic

WS Open

Tênis News
26/08/2020
19:07
Nova York

Número 1 do mundo, o tenista sérvio Novak Djokovic manteve, nesta quarta-feira, o embalo da rodada anterior e garantiu com facilidade vaga na semifinal do Masters 1000 de Cincinnati, jogado em Nova York por conta da pandemia do COVID-19.
Djokovic precisou de apenas 1h02min para derrubar o alemão Jan-Lenard Struff, 34º e algoz do top 10, David Goffin, marcando 6/3 6/1 na quadra Grandstand do complexo de Billie Jean King Tennis Center, a sede do US Open.

Nole conquistou uma quebra na única chance que teve no primeiro set e não cedeu breaks ao rival. No segundo abriu 5 a 0, viu Struff devolver uma das quebras, mas foi firme na devolução novamente para liquidar a fatura.

Esta é sua 21ª vitória em 21 jogos na temporada 2020 onde venceu a ATP Cup pela Sérvia, o Australian Open e o torneio de Dubai, nos Emirados Árabes.

Ele buscará nova final nesta quinta-feira contra o espanhol Roberto Bautista Agut, 12º e oitavo favorito, que derrotou o atual campeão, o russo Daniil Medvedev, 5º, por 1/6 6/4 6/3.

O retrospecto é de 8 a 3 para o natural de Belgrado, mas Bautista ganhou dois dos últimos três jogos, em 2019 em Miami e Doha. Nole ganhou a última em Wimbledon em quatro sets.

Nole foi o campeão de Cincinnati em 2018. Ele soma agora oito semifinais no torneio e 68 em Masters 1000. Rafael Nadal tem 73 semis e Roger Federer tem 66.