Stefanos Tsitsipas

ATP 250 Estoril

Tênis News
31/03/2021
12:42
Cascais

A organização do ATP 250 de Estoril, em Portugal, não conseguiu a tão desejada autorização das autoridades locais para receber público, mas distribuirá quase meio milhão de euros em sua chave de simples.

Em sua apresentação realizada nesta terça-feira, o diretor do torneio João Zilhão, anunciou a ampliação das quadras de disputas de jogos de simples, após a decisão de não realizar rodadas noturnas nesta edição. O torneio, que contava com a quadra central do clube de tênis de Estoril, em Cascais, e quadra 2 [Cascais Court], terá ainda jogos disputados em simultâneo na quadra 3 do complexo. Ainda segundo a organização, quatro quadras de treinos a mais estarão disponíveis para os atletas com intuito de evitar aglomerações.

No anuncio, ao lado de sue principal patrocinador, o banco local Millenium, Zilhão confirmou a premiação total de €481mil, cerca de R$ 3,2 milhões, que é €100 mil a menos que na última edição realizada no torneio, em 2019, que teve o grego Stefanos Tsitsipas como grande campeão.

A chave do torneio, que se realizará entre 26 de abril e 02 de maio, tem a presença confirmada de quatro tenistas do top 20: o argentino Diego Schwartzman, 9º da ATP, o francês Gael Monfils, 13º, o espanhol Pablo Carreno Busta, 19º, e o chileno Cristian Garin, 20º. Schwartzman e Garin disputarão o torneio pela primeira vez na carreira.

Carreno Busta é campeão da edição 2017 do torneio e é um dos três campeões confirmados, ao lado do local João Sousa, campeão em 2018 que recebeu o primeiro convite da chave, e o francês Richard Gasquet, campeão em 2015.

“Vamos ter um torneio excelente e com um recorde de cinco tenistas no top-20. A nossa missão para este ano é dificultada pelas circunstâncias conhecidas de todos, mas para nós era essencial realizar o evento em 2021 e mostrar que estamos de volta”, afirmou João Zilhão na apresentação.

“O Millennium Estoril Open não pode dar-se ao luxo de não se jogar em dois anos consecutivos sob pena de colocar em causa a sua futura permanência no calendário do ATP Tour. Infelizmente, não vamos poder contar com os aficionados que normalmente esgotam as bancadas do Clube de Ténis do Estoril, mas estamos a trabalhar para que os adeptos de ténis por esse mundo fora possam acompanhar todas as incidências da prova e o perfume do concelho de Cascais por via digital, disponibilizando para isso os melhores meios e os melhores conteúdos”, concluiu.