Noah está se despedindo do comando do time francês

Divulgação

Tênis News
01/12/2019
19:52
Paris, França

Ex-número 3 do mundo e três vezes campeão da Copa Davis como capitão, o francês Yannick Noah se juntou ao grupo dos críticos ao novo formato da tradicional competição entre nações e atacou a organização do evento.

Noah liderou a França nas conquistas dos títulos de 1991 — o primeiro em 59 anos — 1996 e 2017, além do vice-campeonato em 2018. Após o anúncio das reformas no evento, decidiu deixar a equipe e foi substituído por Sebastien Grosjean.

“Em todas as partes da Internet estamos vendo críticas a essa nova Copa Davis, seja em comentários de jogadores, organizadores, consultores ou especialistas em economia. Inclusive, o que quer que diga Ion Tiriac, sempre deverá ter um pouco mais de valor que os demais”, comentou em sua conta no Instagram, fazendo alusão ao festival de críticas tecido pelo romeno Tiriac, dono do Masters 1000 de Madri.