Gabriel Medina

Medina nas águas japonesas nesta sexta-feira (Foto: Divulgação)

LANCE!
13/09/2019
16:40
Miyazaki (JAP)

A equipe brasileira segue nos Jogos Mundiais de surfe no Japão bem representado. Nesta sexta-feira, Gabriel Medina e Ítalo Ferreira avançaram em seus desafios e, agora, duelam na sexta fase da competição, em Miyazaki. Quem também entra na disputa é o americano Kolohe Andino. Filipe Toledo não conseguiu ir bem e vai brigar na repescagem, com Angelo Bonomelli (ITA)

Ítalo Ferreira foi o primeiro entrar no mar pelo round 5. Ele fechou com a vice-liderança ao somar 13.70. O português Frederico Morais, que totalizou 13.83, foi o melhor na bateria. Carlos Muñoz (12.73), da Costa Rica, e Kanoa Igarashi (7.53), do Japão, estão na repescagem.

Gabriel Medina avançou na segunda colocação com 13.94. A liderança ficou com o onze vezes campeão mundial, o americano Kelly Slater anotou 15.00 para vencer a prova. O indonésio Rio Waida (12.50) e italiano Angelo Bonomelli (10.06) caíram para a repescagem.

Filipe Toledo também caiu na água, mas o desempenho não foi o que gostaria. Ramzi Boukhiam e Kolohe Andino tiveram participações brilhantes e mandaram o brasileiro para a briga da repescagem, assim como o alemão Leon Glatzer. Val salientar, que nos instantes finais, o surfista de Ubatuba foi para sua última tentativa e conseguiu 11,70, enquanto o americano Kolohe Andino (segundo colocado) tinha 11,74 pontos. 

ROUND 3 E ROUND 4

Antes disso, Ítalo Ferreira não marcou bobeira e ficou na liderança da bateira, com 10.77. No round 3, ele passou por Peter Devries, do Canadá, que somou 9.37 para ficar com o segundo lugar. O peruano Lucca Mesinas (7.60) e o mexicano Alan Cleland Jr. (7.00) completaram a classificação. No round 4, Apesar do bom rendimento, totalizou 11.86 contra os 13.00 pontos do marroquino Ramzi Boukhiam. O australiano Ryan Callinan (10.20) completou.

Medina conseguiu ótimo resultado e não deixou escapar a primeira posição: 12.5 pontos. Rio Waida, da Indonésia, veio na sequência com 10.00. O português Miguel Blanco e o panamenho Kelvin González vão à repescagem. No round 4, o bicampeão mundial sofreu pequenos erros mesmo com a marca de 12.67, perdendo apenas para o atleta americano Kolohe Andino (13.00). Israel Barona, do Equador, ficou na terceira colocação com 10.46.

Filipinho anotou 10.00 pontos, deixando para trás os rivais. O australiano Ryan Callinan foi o segundo (9.77), seguido pelo tailandês Edito Alcala Jr. (6.90) e o chileno Roberto Araki (3.60). Na rodada seguinte, Filipe Toledo fez 12.90, mas foi superado pelo Japonês Kanoa Igarashi, que acertou um belo aéreo e levou a melhor com 13.73. Desta forma, Peter Devries foi o terceiro, anotando 8.17.

Quinta rodada
1. Kanoa Igarashi (JAP) 7,53 x Ítalo Ferreira (BRA) 13,70 x Frederico Morais (POR) 13,83 x Carlos Munõz (CRC) 12,72
2. Kolohe Andino (EUA) 11,74 x Leon Glatzer (ALE) 9,84 x Ranzi Boukhiam (MAR) 14,50 x Filipe Toledo (BRA) 11,70
3. Angelo Bonomelli (ITA) 10,06 x Kelly Slater (EUA) 15,00 x Rio Waida (INA) 10,13 x Gabriel Medina (BRA) 13,94

Sexta rodada
1. Frederico Morais (POR) x Kolohe Andino (EUA) x Kelly Slater (EUA)
2. Ítalo Ferreira (BRA) x Ranzi Boukhiam (MAR) x Gabriel Medina (BRA)

Repescagem 8
3. Filipe Toledo (BRA) x Angelo Bonomelli (ITA)