Taça das bolinhas

Reprodução

Futebol Latino
14/08/2020
17:24
Recife (PE)

O vice-presidente jurídico do Sport, Manoel Veloso, foi ouvido pelo portal 'ge' sobre os procedimentos tomados na justiça pelo Flamengo em relação a Taça das Bolinhas já que, em 1987, tanto o Leão da Ilha como o clube carioca se consideram campeões nacionais.

Manoel se mostrou bastante crítico a postura do vencedor da Copa União do ano em questão, entendendo que se trata de algo classificado como uma "insistência cômica". Além disso, ele acrescentou que o clube tem desejo de se inteirar do processo mesmo que não esteja incluso 

- Ficamos sabendo. Chega a ser cômica essa insistência do time carioca. Eles fogem do jogo, não disputam no campo e ficam com esse 'jus esperniandi' nos tribunais por décadas, mas já perderam em todas as instâncias, inclusive no STF.

- Não sei se esse é o processo em que, mesmo não sendo parte, pedimos habilitação. Ou se já é uma nova (enésima) ação do clube do Rio. Mas com certeza, se não estivermos habilitados, vamos pedir para fazer parte e tomar conhecimento dessa nova aventura jurídica - agregou.

A chamada Taça das Bolinhas foi criada com a condição de que o primeiro clube a vencer cinco vezes o Brasileirão fosse o proprietário definitivo da mesma. Enquanto o São Paulo chegou a ter posse e, no mesmo ano, devolver tal troféu, o Flamengo luta judicialmente há alguns anos por sua posse apesar da determinação da CBF de que o vencedor do campeonato nacional de 1987 é o Sport.