Brasil x Peru

Jogadores celebram gol de Paquetá: único após muitas chances criadas (MAURO PIMENTEL / AFP

Vinícius Faustini
06/07/2021
06:50
Rio de Janeiro (RJ)

A Seleção Brasileira chega à final da Copa América ainda com o desafio de encontrar um equilíbrio ofensivo de fato. Por mais que o desgaste físico e as condições do gramado do Nilton Santos pesem, a vitória por 1 a 0 sobre o Peru, na noite da última segunda-feira (5), evidenciou um desnível no ímpeto da equipe.

O desempenho do primeiro tempo expôs uma Seleção mais encaixada. Com Lucas Paquetá como articulador, a equipe aumentou seu poder de criação e teve distribuição de jogadas pelas pontas. O camisa 17, jogo a jogo, entra em sintonia com Neymar para se tornar uma esperança para os canarinhos irem à frente. 

Pouco a pouco, a Seleção ganhou liberdade para se impor ficou, o que ficou ainda mais nítido com os avanços de Casemiro (que exigiu Gallese duas vezes e também armou jogadas) e a maneira como Richarlison e Neymar se desvencilhavam dos marcadores.

As sucessivas chances disparadas contra Gallese culminaram, enfim, no gol de Lucas Paquetá. O Brasil não só coroou uma etapa inicial promissora como também indicou uma volta do intervalo satisfatória, a um passo a final.

Só que a rota da Seleção mudou. Mesmo que se esperasse uma natural queda de rendimento, a oscilação foi abrupta dos comandados de Tite. A avassaladora equipe deu lugar a uma postura exageradamente defensiva, que abriu espaço para a seleção peruana investir.

A busca por contra-ataques, geralmente engatados por Neymar, ficou longe do esperado. Richarlison chegou a pedir um pênalti, mas o árbitro ignorou.

Everton Ribeiro não revigorou o meio de campo e Vinicius Júnior teve pouco tempo para dizer a que veio. Ao menos, depois de tudo, a vaga ficou nas mãos brasileiras. 

- Não queremos ganhar de ninguém, queremos ser merecedores do resultado pelo nosso trabalho. É quando acaba o jogo e você diz: "poxa... o desempenho te traduziu a verdade?". Faltou efetividade? Sim. Mas se você sentir que conseguiu resultado e que isso foi o seu melhor trabalho, o que é fundamental, é o que fortalece a equipe - afirmou o treinador.

A próxima e definitiva parada é o Maracanã.