Sylvinho

Sylvinho era o auxiliar de Tite (Foto: Lucas Figueiredo/CBF) 

Lazlo Dalfovo e Marcello Neves
17/05/2019
14:17
Rio de Janeiro (RJ)

Antes do anúncio dos 23 nomes para a Copa América, Edu Gaspar, coordenador técnico da Seleção Brasileira, anunciou que Sylvinho havia feito um pedido de desligamento dos cargos de auxiliar-técnico de Tite e treinador da equipe olímpica. O destino será o Lyon, no qual será o treinador.

- Nós temos um profissional que é o Sylvinho, que não vai fazer parte da Copa América, aceitou o convite de um grande clube europeu. Posso anunciar que é o desligamento a partir de hoje (sexta), deixo para você, Sylvio, que somos um amigo de muitos anos, todos atributos que você construiu na sua carreira, tem um que diferencia é o seu nível pessoal. Que seja feliz, vou sentir saudades - disse Edu, antes de Tite também dedicar um tempo para felicitar Sylvinho.


Já desejado para treinar o Corinthians, recentemente, Sylvinho vinha sendo especulado no Lyon há alguns dias. Vieira, Laurent Blanc, Gallardo e Arteta
também eram cogitados para o cargo. Quem o chamou para trabalhar no clube foi Juninho Pernambucano, o novo homem forte do futebol e ídolo do OL.

Agora, quem assumirá a Seleção olímpica será André Jardine, que, na última quarta-feira, convocou 23 jogadores para o Torneio de Toulon, visando a  Olimpíada de Tóquio em 2020. Já o pré-olímpico acontece em janeiro do ano que vem.