Cléber Xavier - Seleção Brasileira

Auxiliar técnico de Tite falou com os jornalistas nesta quinta (Foto: AFP)

LANCE!
23/05/2019
19:03
Teresópolis (RJ)

No início das preparações para a disputa da Copa América, a Seleção Brasileira começou os trabalhos nesta semana visando a estreia na competição, no dia 14 de junho, contra a Bolívia. Nesta quinta-feira, em coletiva, o auxiliar de Tite, Cléber Xavier, afirmou que o time titular para o primeiro jogo já está definido, e que será revelado durante a preparação.

- Temos o time titular em mente. Nós brincamos que vamos primeiro convocar para depois definir o time, porque acontecem problemas e temos que fazer trocas. Nos últimos amistosos, tínhamos a ideia de uma equipe e tivemos de jogar com outra. Mas a equipe já está definida - destacou Cleber.

No entanto, apesar de ter o 'time definido', a comissão técnica da Seleção Brasileira ainda não conta com todos os jogadores neste início de preparação, já que apenas sete jogadores se apresentaram (Ederson, Richarlison, Gabriel Jesus, Fernandinho, Casemiro, Filipe Luís e David Neres), e os 'desfalques' também foram assunto para Cléber.

- Atrapalha muito (os desfalques), mas é a realidade e estamos preparados para os treinos, que já começam hoje com bola, em buscarmos processos e desenvolvê-los com os que já estão aqui. Já temos um número de atletas com quem podemos começar a desenvolver nossas ideias - afirmou.

Lucas Moura
Brasileiro após o hat-trick contra o Ajax (Foto: Divulgação/Twitter)

Outro assunto que foi pautado durante a coletiva do auxiliar de Tite foi o nome de Lucas Moura. O brasileiro, que viveu um fim de temporada extraordinário com a camisa do Tottenham, estava cotado para ser convocado mas acabou ficando de fora, mesmo com os três gols na semifinal contra o Ajax, pela Liga dos Campeões.

- O Lucas estava numa noite iluminada, com três gols de pé esquerdo num momento mágico. Ele jogou o primeiro tempo por dentro, como o primeiro do ataque, e o segundo mais pelo lado, vindo para dentro para a passagem do lateral-direito Trippier. Foi uma grande atuação. Faz parte (não ser convocado) pela quantidade de atletas em altíssimo nível. Espero que o Lucas faça outro grande jogo no dia 1º (final da Champions), para ele é importante essa retomada, essa afirmação. Fico feliz por ele - frisou.

Antes do início da Copa América, a Seleção Brasileira ainda vai ter dois amistosos pela frente para se preparar para a estreia na competição. No dia 5 de junho, contra o Catar em Brasília, e no dia 9, contra Honduras, no Beira-Rio.

- A ideia nos últimos amistosos era realmente observar alguns atletas. Agora é padrão, definição de posições e o atleta que crescer nesses jogos será uma peça a mais para ajustarmos a equipe e termos estratégia de jogo. Uma das lições da Copa do Mundo são as mudanças mais rápidas de um jogo para o outro ou dentro do jogo. Escolhemos 23 jogadores que nos dão opções de mudanças de desenho, ajustes de características. Está bem definido o que queremos, os jogadores que entendemos que vão começar - salientou.