Brasil x Arabia Saudita

Gabriel Jesus toca na saída de Al-Owais (Pedro Martins / MoWA Press)

Vinícius Faustini
12/10/2018
17:13
Riad (SAU)

Foi bem longe de ser o “Superclássico” que esperavam os árabes, mas o Brasil comprovou sua superioridade e venceu a Arábia Saudita, por 2 a 0. Mesmo com atuação longe de ser convincente, a Seleção viu Gabriel Jesus (que voltou a marcar com a amarelinha) e Alex Sandro decretarem o triunfo nesta sexta-feira, em Riad. O próximo amistoso da equipe de Tite será também em território árabe, contra a Argentina.

Aleluia!

Gabriel Jesus não se omitiu na sua volta à Seleção Brasileira. Após aparecer para tentar tabelas, exigir Al-Owais e ter gol anulado, o camisa 9, enfim, pôde celebrar. Lançado por Neymar, o atacante surgiu livre pela direita e tocou na saída do goleiro para marcar, aos 42.


Que burocracia...
Mesmo com Tite tendo a formação ofensiva próxima do que considera ideal, a Seleção penou para criar jogadas. As melhores chances foram lampejos de Neymar. Além do passe para o gol de Gabriel Jesus, o camisa 10 ameaçou três vezes.

Riscos das Arábias

A sonolência da Seleção Brasileira deu margem para a Arábia Saudita tentar investidas. Principal jogador da equipe, Al-Dawsari obrigou Casemiro a se atirar para evitar finalização. Na etapa final, o camisa 10 ainda serviu Al-Faraj, mas o meia concluiu mal.

Mudanças, em termos

Tite bem que tentou mudar o panorama da Seleção. Na volta do intervalo, lançou Lucas no lugar do inoperante Fred. O camisa 21 recebeu na área e exigiu Al-Owais. O técnico ainda deu espaço para Walace, Arthur e Richarlison, mas o Brasil demorou a se lançar à frente.

VAR em ação

Aos 37, Richarlison apareceu livre e Al-Owais espalmou quando estava fora da área. Foi a vez do VAR entrar em campo, ajudando o árbitro Danny Makkelie a expulsar o goleiro. Com um jogador a mais, o Brasil voltou a ameaçar com Walace.

Vitória sacramentada

Aos 50, a Seleção decretou sua vitória. Neymar cobrou escanteio e Alex Sandro subiu para marcar. Longe de encantar, o Brasil comprovou sua força. Mas é preciso mostrar mais contra a rival Argentina.

FICHA TÉCNICA
ARÁBIA SAUDITA 0 X 2 BRASIL


Estádio: King Saud University Stadium, em Riade (Arábia Saudita)
Data: 12 de outubro de 2018, às 15h (de Brasília)
Árbitro: Danny Makkelie (HOL)
Assistentes: Mario Diks (HOL) e Hessel Steegstra (HOL)
Árbitro de vídeo: Jochem Kamphuis (HOL)
Renda/Público: não divulgados

Cartão amarelo: Abdullah Otayf (ARA)
Cartão vermelho: Mohammed Al-Oawis (ARA)

Gols: Gabriel Jesus (0-1, 43'/1ºT) e Alex Sandro (0-2, 49'/2ºT)

ARÁBIA SAUDITA: Al-Owais; Al-Burayk (Al Muwallad), Hawsawi, Al-Boleahi, Al-Shahrani; Otayf, Al-Faraj, Al-Mogahwi (Ghareeb); Al-Bishi (Al-Shehri), Hatan Bahbir (Malaeka), Al-Dawsari (Sulaimani). Técnico: Juan Antonio Pizzi

BRASIL: Ederson; Fabinho, Marquinhos, Pablo, Alex Sandro; Casemiro (Walace), Fred (Lucas Moura), Renato Augusto; Philippe Coutinho (Arthur), Gabriel Jesus (Richarlison), Neymar. Técnico: Tite