Cristiane será o grande nome do projeto do São Paulo no futebol feminino

Cristiane será o grande nome do projeto do São Paulo no futebol feminino (Renata Damasio/saopaulofc.net)

Yago Rudá
15/01/2019
07:35
São Paulo (SP)

O São Paulo, um dos clubes mais vitoriosos do país, possui grandes ambições em escrever sua história também no futebol feminino. Na última segunda, o Tricolor reabriu as atividades entre as mulheres da equipe profissional e selou a data comemorativa com a contratação da atacante Cristiane, multicampeã pela Seleção Brasileira. Mesmo com uma proposta do poderoso Barcelona, a jogadora optou pelo projeto apresentado pelo clube do Morumbi.

Por estar voltando às atividades nesta temporada, o Tricolor disputará apenas o Campeonato Paulista e a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Apesar das competições não serem tão atraentes quanto seriam na Europa, jogando no clube catalão, Cristiane optou em voltar ao Brasil e auxiliar o São Paulo em suas ambições. Desta forma, a atleta ficará mais próxima de sua família e ajudará a divulgar a modalidade.

- Primeiro é um desafio na minha carreira, que é abraçar o projeto. O São Paulo me mostrou um projeto muito interessante, me mostrou toda a estrutura, não tenho nem o que falar da estrutura do clube. O São Paulo me trouxe esse projeto de crescimento da modalidade, de dar crescimento às atletas e acho que abrirá portas para outras meninas olharem e dizerem: 'o negócio é sério! Conseguiram levar a Cris para lá. Então, tem alguma coisa de diferente no São Paulo' - elogiou a dona da camisa 11 do Tricolor.

O time feminino profissional do São Paulo treinará na sede social do Morumbi sob o comando de Lucas Piccinato. O clube também contratou Amauri Nascimento para ser o supervisor do futebol feminino e ajudar a diretoria no dia a dia. Os treinos começaram na última segunda, ainda sem a presença de Cristiane, que está com a Seleção Brasileira na Granja Comary.

Embora nos últimos anos entidades como Conmebol e CBF tenham pressionado os grandes clubes a iniciarem, ou como é o caso do São Paulo, reativarem as atividades entre as mulheres, o Tricolor entende que a modalidade não deve ser encarada como uma mera obrigação contratual. O clube vê o investimento feito no futebol feminino como uma oportunidade de difundir e popularizar o esporte.

- A continuidade do projeto visa o crescimento e investimento na base com o objetivo de um plano a longo prazo que não culmina apenas na formação de atletas, mas sim no futuro das jogadoras e na busca por um espaço no cenário feminino de mais uma equipe grande que disputará as principais competições na temporada - afirmou o São Paulo em nota oficial publicada em seu site.


Nos dois últimos anos, o São Paulo investiu nas categorias de base. Até aqui, as meninas da equipe sub-17 do Tricolor disputaram cinco competições e venceram todas. Agora, chegou a vez da equipe profissional, campeã da Taça Brasil de 1997, voltar a campo. Para atrair a atenção do público e demonstrar que pensa no longo prazo, o clube conta com a boa imagem e também com os gols de Cristiane. 

- É uma alegria muito grande, espero retribuir à altura do clube. Espero que torcedor saia satisfeito quando acompanhar o jogo do feminino. Espero que tragam bastante crianças, pois é um público que a gente atrai bastante. Espero que as meninas se interessem ainda mais no futebol, vale lembrar que é um ano importante, um ano de Copa do Mundo. O São Paulo está investindo e dando todo o suporte e apoio - complementou a agora são-paulina atacante.