Adryelson

Adryelson nos tempos em que defendeu as categorias de base do rival Palmeiras (Foto: Divulgação/Palmeiras)

Rafael Ribeiro
28/06/2022
07:30
São Paulo (SP)

Se de um lado o torcedor do São Paulo viu o clube sonhar com nomes de peso como Soteldo e Claudinho, por outro a diretoria mostra que o perfil de contratações para a reabertura da janela de transferências, no próximo dia 18 de julho, será mesmo o de nomes modestos, que viriam sem gastos para os combalidos cofres do Tricolor.


ATUAÇÕES
> Nestor incendeia a partida, mas não evita o empate do São Paulo


O LANCE! apurou que a gestão Júlio Casares levará para avaliação da comissão técnica de Rogério Ceni três nomes levantados por seu departamento de análise e que poderiam ser anunciados pelo clube sem a necessidade de se gastar com as contratações.

O mais conhecido do trio - e também o mais próximo - é Adryelson. O zagueiro de 24 anos, com passagens pelas categorias de base do rival Palmeiras e pelas Seleções Brasileira sub-17 e sub-23, já foi sondado pelo São Paulo na última temporada. Na ocasião, contudo, o Sport, dono de seus direitos federativos, preferiu emprestá-lo ao Al-Wasl, dos Emirados Árabes Unidos por uma temporada.

A questão é que Adryelson e Sport vivem uma guerra nos bastidores. É esperado que o jogador se reapresente em julho ao elenco do clube pernambucano para a disputa da Série B. Mas o zagueiro já avisou que não só atuará mais pelo Rubro-Negro, como processa a equipe, pede R$ 3,4 milhões em salários atrasados e o fim de seu vínculo formal para ficar livre no mercado.

A situação é monitorada pelo Tricolor de perto. Segundo o L! apurou, a ideia é apresentar de imediato uma proposta tão logo a liberação na Justiça ocorra. A zaga é uma das prioridades de reforço do São Paulo para esta janela, afinal depois da cirurgia de Arboleda, que não deve mais atuar na temporada, são apenas cinco opções para o setor, sendo que duas delas (Belardo e Luizão) vieram das categorias de base.

Adryelson não é o único atleta do Sport que tem o interesse são-paulino. O clube também avalia fazer uma proposta oficial a Mailson, goleiro titular do Leão e cujo contrato de encerra no final desta temporada.

A contratação de uma 'sombra' a Jandrei era um dos objetivos para esta temporada. O clube chegou a sondar Tadeu, do Goiás, mas se assustou com o alto valor pedido. Passou então a monitorar opções mais baratas. Chegou ao nome de Mailson, que teria sido aprovado por Ceni e segundo seu estafe tem interesse em jogar no Morumbi.

A última sondagem do Tricolor para a janela é a do volante Léo Sena. Revelado pelo Goiás e com passagem pelo Atlético-MG, o jogador de 26 anos tem contrato até junho de 2024 com o Spezia, da Italia. Mas há uma condição especial que pode liberá-lo. Ele estava acertado com a Fiorentina quando descobriu sequelas cardíacas em razão de ter contraído Covid-19.

O clube italiano aceitaria liberá-lo por uma temporada para se recuperar no Brasil. E o estafe do jogador o ofereceu ao Tricolor, até pelo fato dele ser torcedor são-paulino. Nas conversas, a promessa de que não há riscos por conta do problema de saúde, mas os paulistas querem ao menos uma bateria de exames com médicos de sua confiança para traçarem um perfil completo de sua situação clínica.


O São Paulo já está acertado com o atacante Marcos Guilherme para ser seu primeiro reforço na janela de transferências. O jogador, que rescindiu com o Internacional, já embarcou à capital paulista e deve ser anunciado nesta terça-feira (28), após realizar exames médicos no CT da Barra Funda.

TABELA
> Confira jogos, classificação e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!

Clique aqui e ganhe R$50 para jogar no Galera.bet