Felipe Aguilar

Há um mês no Santis, Felipe Aguilar já vê evolução em seu futebol (Foto: Ivan Storti/Santos)

LANCE!
22/02/2019
06:00
Santos (SP)

O zagueiro Felipe Aguilar completa um mês como jogador do Santos nesta sexta-feira. Parece pouco tempo, mas 30 dias foram suficientes para o atleta de 26 anos ter altos e baixos no Peixe.

Antes no Atlético Nacional-COL, Felipe Aguilar fechou contrato com o Santos por quatro anos. Dentre alguns títulos com a equipe colombiana, o zagueiro participou da conquista da Libertadores 2016.

Com o tempo de adaptação, o jogador de 1,90 m acredita que há um nível mais alto no futebol brasileiro.

- Em comparação, o futebol brasileiro é mais intenso, há pressão, os brasileiros têm condições físicas e técnicas importantes. Há um nível alto, não vi isso na Colômbia. Há intensidade elevada e é minha primeira experiência. Me surpreendi com o futebol brasileiro - analisou.

Aguilar estreou com a camisa do Santos no clássico contra o São Paulo, no dia 27 de janeiro. Na vitória por 2 a 0, ele teve uma atuação segura e quase marcou um gol de bola parada.

O zagueiro seguiu com uma boa performance na goleada sobre o Bragantino, por 4 a 1. Aguilar se encaixou perfeitamente no esquema com três zagueiros do técnico Jorge Sampaoli.

- Penso que estar no Brasil é uma coisa maravilhosa para mim, ter dado continuidade no futebol brasileiro. É minha primeira experiência fora da Colômbia, foram somente sete jogos, mas já senti evolução, consegui coisas boas - disse o zagueiro.

Porém, as primeiras críticas vieram na goleada sofrida pelo Ituano, por 5 a 1, na quinta rodada do Paulistão. Aguilar falhou diretamente em três gols da equipe do interior. O zagueiro assumiu o mal desempenho e até opinou que, por ser estrangeiro, as análises negativas são aumentadas.

O zagueiro seguiu tendo a confiança do técnico Jorge Sampaoli, que o bancou no time titular. Após o único revés da temporada, a zaga santista levou somente um gol em três jogos.

- Cheguei ao grupo para somar e tive oportunidades pelas situações, dependeu da formação também. Jogadores estavam lesionados também, além do trabalho. Ainda bem que aproveitei a oportunidade - disse.

Em evolução, Felipe Aguilar tem ainda mais 1.430 dias para guardar somente momentos marcantes no Santos. Ele escreve novo capítulo neste sábado, quando o Santos enfrenta o Palmeiras, às 19h, no Allianz Parque, pela oitava rodada do Paulistão.